.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. RESUMO

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Terça-feira, 25 de Agosto de 2009

RESUMO

- Na sexta feira, saída do trabalho, peguei no pipoca e fomos lavar a piscina dele. Nem vou descrever como aquilo estava...

 

- No sábado, o raio da água da piscina do pipoca já tinha bicharocos!! Como ele insistiu que eu lhe fizesse companhia no banho, e eu detesto bichos... vai de lavar a piscina outra vez.... no fim de cheia, ele deita-se, posa a cabeça na borda da piscina e solta um "A thitha...." (que maravilha) exactamente o que eu disse na primeira vez que lhe fiz companhia e me deitei assim, já p'raí há um mês!! À noite fomos jantar ao Mc, a convite do meu mano e da cunhadinha. O jantar correu bem, mas nessa noite a mãe aprendeu duas coisinhas: 1º - o pipoca agonia-se com os nuggets, e ia quase vomitando em pleno restaurante, por isso, continuar a pedir o hambúrguer simples e que ele devora em três tempos! 2º - o pipoca não tem 3 anos e por isso não pode andar no escorrega do Mc; aquilo é grande e fechado, e a mãe não leu as indicações relativamente à idade... o menino pediu, como já havia feito nas várias vezes antreiores em que lá tinhamos ido, a mãe teve peninha e, contrariando o pai com um "Vá lá, tadinho, ele tá a ver os outros meninos, tambem quer ir...." deixou o menino ir. Assim que o vi desaparecer na primeira curva arrependi-me imediatamente de o ter deixado ir... na segunda curva parou, uma menina pressionou-o para continuar e ele desatou a chorar que queria a mãe. De nada valeu o pai e o tio a bater no plástico para que ele soubesse que não estava sozinho, ele queria era a mãe... valeu-nos a abençoada da madrinha, que é linda, magrinha e ligeirinha, que se descalçou e entrou pelo escorrega dentro para salvar a minha cria. Eu lá me enfiei na escada para o receber e para a madrinha poder sair dali... e ele só dizia "O B. athia paxar... B. a thutho..."( O B. não conseguia passar... O B. apanhou um susto). Apanhou ele e eu... e o pai ainda me presenteou com um "Eu não disse...". E com razão marido, que eu bem admiti que errei... meu riquinho filho!! Pode ser que para a proxima já não peça para ir, e não fique a olhar para os outros meninos com aquele olhar de vontade de ir e pena por não ir, e que foi a razão de eu o ter deixado ir... aiii!!!

 

- No Domingo o jantar foi lá em casa: Lombinhos de porco e perú no forno, arroz de feijoca e batatas fritas na Actifry (Os homens acham que aquilo não sabe a frito, pois, pudera, não esteve mergulhado em óleo até ao pescoço!!!). Para entrada servi requeijão com os meus doces de melão e meloa... e um belo de um pão de alho (que o meu tio achava que era de compra) e que fez as delicias do mau papí!! Ah, e finalmente ele percebeu que o meu pão é uma delicia, modéstia à parte!! Bom, bom, foi estarmos todos juntos outra vez. O pipoca adora estes jantares, e esteve imenso tempo entertido com o padrinho e a prima. E ainda levou a tia para o ó ó dele...

 

 

publicado por Antes assim... às 09:32

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags