.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. HUM HUM!

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

HUM HUM!

Ontem à noite, no fim do jantar o pai estava para sair para o escritorio. Eu andava a arrumar qualquer coisa no nosso quarto e ele veio ter comigo para o beijinho de despedida. Comecei na brincadeira e pedi-lhe miminhos. Ele, numa de "Ai queres mimo?" agarra-me, deita-me na cama e põe-se em cima de mim a fazer cócegas e a chamar o pipoca. Este, vinha muito direitinho na sua bela mota, começou logo aos solavancos a ver se a dita acelerava mais um bocadinho, para se juntar à festa... e que festa! Foi horrivel, ataques de cócegas dos dois, o pipoca em cima da minha cabeça, o marido na minha barriga... um sofrimento de riso geral!!

 

Às tantas, cansadissima, pedi com ar de puro sofrimento que parassem, que eu ja não aguentava mais. O pipoca, aflito, começa a ralhar com o pai "Hum, hum!!", abraçado à minha cabeça e a dar-me beijinhos, muito pequeninos e delicados. Como o pai insistia, ele começou mesmo a zangar-se:

Ele: Pai!! À bolha!

Pai: Embora???

Ele: É! À bolla à tólhe.

Pai: Pronto... tenho mesmo que ir para o escritório!!

 

Quando o pai já estava à porta grita:

Pai: Até logo!!

Mãe: Até logo mor!

Pipoca com ar de mau: HEEEE

Pai: Até logo filho...

Pipoca com ar de muito mau: HEEEEE

 

O pai, resignado, lá sai. O pipoca vira-se para mim com ar meloso, sempre agarrado à minha cabeça e diz:

 

"Pai à bolha mãe.(beijinho) B. thálhá à pai, mãe... (beijinho)!" (O pai foi-se embora mãe. o B. ralha com o pai, mãe...)

 

É o meu salvador!!!

tags:
publicado por Antes assim... às 10:19

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags