.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. Março

. 2011

. PODIA SER DE UM FILME...

. A VIDA NÃO É FÁCIL...

. O REGRESSO...

. ORA VEJAMOS:

. O PESADELO DESTA MADRUGAD...

. E HOJE:

. TEREI ALGUM PROBLEMA? *

. CARAMBA PÁ!!

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Segunda-feira, 9 de Agosto de 2010

O QUE PENSA A CABEÇA... E O QUE RESPONDE A BOCA!

Os tios do marido do norte vêm à nossa terra várias vezes. Ficam em casa dos meus sogros, a 1m de carro da minha casa. Nunca lá vão... o marido não fala nisso, quem sou eu para o fazer... Interiormente lamento.

 

Os tios que estão em França estiveram cá no fim de semana. Já cá tinham estado há um mês, e também não foram lá a casa...

 

Este fim de semana fui jantar com o marido. Foi muito bom. O restaurante é lindo e come-se maravilhosamente bem (eu pequei valentemente com umas gambas fritas com risoto de 4 queijos... divinal!). E estes momentos com o marido sabem sempre tão bem.

 

A meio do jantar disse-me que no Domingo ia com o pipoca a casa dos pais, porque estavam cá os tios de França, que queriam ver o menino...

 

A cabeça pensou: Então e porque é que eles não passam lá por casa? Já cá estiveram há um mês e não disseram nada... eu também gostava de os ver. Alias, passei férias em casa deles, seria simpático dizermos-lhes para virem cá a casa!

 

A boca respondeu: Tá...

 

Depois o marido ainda acrescentou alguma conversa fiada, e referiu que havíamos de ir ao Norte, porque há muito tempo que não íamos lá, e os tios estavam sempre a convidar.

 

A cabeça pensou: Será que convidam mesmo? É que já vieram cá "n" vezes e nunca se dignaram a passar lá por casa... porque raio nos querem ver lá? Não me parece que tenham assim tanta vontade de nos ver... ou de me verem, sei lá!

 

A boca, um bocadito mais útil do que uns segundos antes, respondeu: Pois... não sei. Não me sinto assim muito bem... é estranho. Afinal eles vêm cá tantas vezes, nunca dizem nada...

 

O marido refutou: Ah, mas eles perguntam sempre!

 

Eu, a estúpida, perguntei: Perguntam por quem?

 

O marido diz o evidente: Perguntam sempre pelo menino!

 

Eu, em desabafo: Pois, mas eu estou a referir-me a mim. EU... a AA!!!! Certo??

 

Acabamos a conversa ali com um sorriso. Queríamos jantar em paz, e a noite pretendia-se virada para o romantismo, não para a tristeza.

 

Essa veio no dia seguinte...

 

E aí doeu. Doeu como eu não queria que doesse. Almoçávamos os 3 quando o marido atende o telefone. Era a mãe. Convidou-o para ir almoçar com eles. Assim. Na boa. É Domingo, o marido tem um filho, uma mulher, eram horas de almoço já avançadas... e ela pergunta aquilo como se fosse a coisa mais natural do mundo. Agora o mais me irrita, mas é que irrita assim mesmo muito, é que eu fiquei triste. E irrita-me porque não senti raiva. Não fiquei furiosa. Não. Fiquei triste... porque aquele convite não devia ser tão natural para ela... não devia ser recebido e recusado, só porque já estava a almoçar, de forma tão natural por ele... porque devia ser para todos. Porque eu gostava mesmo era que naquele dia fosse normal estarmos todos juntos. Senti-me completamente excluída. Doeu a naturalidade com que assumem a minha inexistência naquela família. Doeu, pronto. E eu preferia não sentir apenas nada... nem raiva, nem muito menos esta pena estúpida em relação a quem cada vez menos o merece!

 

 

tags:
publicado por Antes assim... às 12:18

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Quinta-feira, 5 de Agosto de 2010

A VIDA... A 5 DE AGOSTO DE 2010!

Por cá continuamos. Conjugo momentos de tristeza com momentos de pura felicidade. Junto do meu pipoca sinto-me a melhor mãe do mundo. Gosto das historias que conta com uma convicção que quase me levam a acreditar nele... mentirinha!!! Está esperto, o rapaz! Pede "expupa" a uma velocidade alucinante, e vezes de mais para o meu gosto. Vamos conseguindo progressos com ameaças de castigos, que por vezes se concretizam... tem de ser, é a vida. Gosta que lhe contem histórias, e depois gosta de as contar completamente adaptadas à sua imagem. Gosta de dizer o abecedário, e deixa a mãe naquele estado estúpido do "ah... o meu menino já quase sabe reconhecer as letras todas do abecedário", mesmo que muitas vezes saia um "A B XÊ D E EF D(G) I ADÁ JOTA EL K MÊ NÊ O P V(o r não sai, por isso agora diz erre)S T U V DÉBLIU X IPXO Z" completamente adorável. A teimosia é muita, a calma não é nenhuma, mas os mimos que me dá são em quantidade e qualidade, muita, das duas!! Conversamos muito, nós os dois! E ele quer saber porque é que às vezes estou triste...

 É fácil explicar que o bisavô paterno está doente, muito doente. Mas ele quer saber mais, e pergunta porquê a tudo. E ver o meu avô assim não é fácil. Entristece-me. Assusta a fragilidade que pode tomar o corpo de uma pessoa de um dia para o outro, a uma velocidade alucinante. E depois são dois filhos, duas noras e cinco netos com ideias completamente diferentes do que poderá ser a melhor qualidade de vida para o meu avô nestes dias... todos queremos o melhor para ele, isso é garantido! Para a minha mãe e tia tem sido desgastante física e psicologicamente. Principalmente para a minha mãe. Olho para ela e penso como é que com aquele aspecto cansado consegue sempre arranjar força para tudo. Olho para ela e penso que afinal até sei de onde vem a minha tamanha persistência. Primeiro a minha avó materna operada ao coração, entretanto a recuperação, as duas operações às mãos do meu avô materno, a minha tia muitas vezes acamada à conta do problema da tensão... e o resto, eu, o pipoca, o trabalho, as coisas da vida. É uma super mulher, a minha mãe!

O trabalho vai indo. Nem melhor nem pior. A esperança de arrancar do zero ainda cá anda... mas está no pause! O marido comprou um carro novo. Olho para ele, para a realização pessoal e profissional que vai conseguindo dia a dia e admito que queria ser como ele. Ele não tem medo. Ele arrisca. Ele pensa muito no que ele quer. Eu não consigo ser assim. Penso demais no que os outros querem... no que ele quer. Mas tenho de admitir que o rapaz tem jeito para a coisa. Eu devia pôr os olhos nele, e fazer como ele faz... no trabalho, na vida... ele é que se calhar não ia achar muita graça! São coisas para pensar no futuro. Agora não me apetece.

tags:
publicado por Antes assim... às 10:36

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 15 de Julho de 2010

INJUSTIÇA

 

Formada na área do direito é com grande cepticismo que olho para a palavra "justiça". E não me estou apenas a referir às injustiças judiciais - razão pela qual, profissionalmente, procurei distanciar-me o mais possível de tribunais, advogados e afins. Atenção que não estou a fazer uma critica geral à classe, simplesmente não me identifiquei com "essa" vida, e a juntar a uma ponta de decepção ganha nos últimos anos do curso, deixei o estágio de advocacia a meio.

 

Mas voltando ao cerne de coisa. Justiça! A vida não é justa. Claro... ninguém tem tudo o que quer, e logo aí se queixa da justeza das coisas. Porque há quem ganhe o dobro, há quem goze a vida o triplo sem fazer "ponta de corno", e quem viva de tramóias e se dê bem ao quadruplo!!!! Na minha humilde opinião, a maior injustiça de que se pode ser alvo é a decorrente de mentiras alheias. Infelizmente, arco diariamente no lombo com a mentira criada pela minha sogra que modificou o meu casamento a 180º, causou danos irreparáveis no relacionamento com toda a família dele e, pior ainda, com o marido! Mal ou bem, tenho tentado viver com isso e mentalizar-me que um dia, quando eu for muito velhinha, miraculosamente e de alguma forma inacreditável, ele vai descobrir a mentira, perceber que eu sempre disse a verdade... e vai perceber a injustiça de que fui alvo. Claro que isto sou eu a sonhar e com crença no velho ditado de que "a verdade vem sempre ao de cima".

 

Pois como se não me bastasse essa "sina", eis que agora me acontece o mesmo no local de trabalho e me vejo a braços com a intriga, a mentira e a ignorância... quer dizer, burrice. Eu não sou nenhuma coitada, que não sou mesmo. Mas irra! É preciso tanto? A única coisa boa que adveio de tudo isto foi a descoberta da minha ilimitada dose de paciência. A sério! Raios pá, é que nisso eu sou mesmo boa! Apostava - não muito, que não tenho, mas algum - que pouco mais de uma pessoa aguentasse o mesmo, durante tanto tempo, de olhos secos! E agora eu estou cansada. Sinto-me mesmo cansada e queria começar do zero e parece que não consigo. Há sempre alguém a monopolizar-me. É que eu até tenho a fama de ser anti-social, e até sou de estar no meu canto, não incomodo ninguém. Por que raio tudo o que faça ou diga incomoda tanta gente??

 

Sabiam que em pequena queria ser cabeleireira ou esteticista, ou as duas, vá lá? E que aos 9 anos decidi que queria ser advogada à conta das estúpidas séries de advocacia que "devorava"? Pois... E que durante o curso adorei criminologia e não fui por aí porque quem vai para direito ou é advogado, juiz ou nada? A sério. Ainda hoje, aqui na terra, há quem pense que não terminei o curso... porque não sou advogada!

 

Mais. Sabiam que no final do 9º ano o professor de desenho queria porque queira que eu seguisse artes porque achava que eu tinha uma habilidade inata para desenho? E que no final do 12º ano a professora de português me deu o conselho de ir para jornalismo ou seguir a via do ensino, porque achava que eu tinha talento na escrita? Tadita... eu gostava dela. Deu-me 17! Engraçado... sabiam que adoro cozinhar e que até faço uma comidita da boa? E que adoro fazer bolachas, queques e bolos decorados? E que até dizem que tenho jeito para a coisa?? E que me via perfeitamente feliz da vida como designer de interiores?

 

Mas o marido diz que não, que nada disto dá dinheiro. Que um negocio quando se começa é para dar logo dinheiro. Que há coisas que se vê logo se dão dinheiro ou não. E eu que pensava que importante era fazer o que se gostava. Então e a parte da realização profissional? Qualquer dia apareço-lhe à frente com a carteira profissional de acompanhante de luxo, a ver se o calo! Diz que se ganha bem.

 

Isto hoje não está nada bom senhores.

 

tags:
publicado por Antes assim... às 17:36

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Terça-feira, 13 de Julho de 2010

POIS QUE TENHO UM CASAMENTO NO FINAL DO MÊS!!

E vou levar um vestidinho lindo dourado. Calma... nada de reluzente nem piroso meninas! Discreto, como eu gosto, mas lindo!

 

Pois que para os pezinhos eram estas  para o inicio do dia!

 

Estas para o final do dia (lembrar do pipoca, menino mexido com´ó caraças)!

 

E estas ... para vestir com a roupa toda!!

 

Ai amigo Luizinho... isto não se faz a uma mulher amigo!!

tags:
publicado por Antes assim... às 16:40

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Julho de 2010

CALORRRRR!!!

É por isso que eu adoro o Inverno. Sim, queixo-me do frio, mas acendo a lareira, visto um monte de roupa e calço peúgas grossas para dormir!! Agora vir nua para o trabalho é impensável!! E a ventoinha despenteia uma pessoa todinha!! E na rua ficamos com aquele aspecto de lesma peganhosa, com os cabelos todos colados ao pescoço... por favor!!

 

E mais! Não me venham com a historia do "agora é que vais gostar do verão, que estás mais magra e podes vestir roupa mais gira, e curtinha, e justinha, e biquínis de tamanho decente, e blá bla blá....!". TRETAS senhoras! A celulite ainda cá está, ok??

 

E eu não estou contente com tanto calor. Nem eu nem o deposito da minha carrinha, que se ressente por eu abusar no ar condicionado.

 

Feliz anda o meu filho, que diz que não tem calor e ontem teve a coragem de me pedir para acender a lareira!!!

 

Vale-me a bela da piscina que os meus papis deram ao pipoca, que nos seus esplendorosos 3.05m por 3.05 me permite arrefecer a camada gordurosa!! Ficou um brinquinho no alpendre. Eu e o pipoca divertimo-nos à grande, e ele bebe água demais pelo nariz. Cheira-me que teremos que repor a quantidade de água mais cedo que o previsto!! O pai, mesmo com a água morna, ainda não molhou uma unha. (O marido nas nossas férias em Palma de Maiorca fazia um figurão a entrar na água morna, meeesmo morna, a arrepiar-se todo e a "empatar" a fila de acesso ao mar - o hotel ficava sobre uma zona rochosa, sobre um mar transparente e quente - os ingleses riam a bom rir. Para esses a água estava quente demais!!!)

 

 

E pronto, ja estou mais bem disposta, porque vim até aqui! Agora até já posso dizer que fiz as limpezas "grandes" lá de casa durante a semana de férias e não ficar a lamentar-me por isso. Lamento, isso sim, que ainda me falte a cozinha e a despensa. Mas foi melhor que o previsto. É que não gosto de limpar, mas quando começo a coisa, juro que não sei o que me dá, mas são reais ganas de limpar e limpar e limpar... até ouvi ralhar do meu filho, que eu não podia limpar assim a nossa casinha!!

tags:
publicado por Antes assim... às 16:39

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 21 de Junho de 2010

E ALGUEM JÁ REPAROU QUE JÁ ESCREVO COM ACENTOS?? (O que não quer dizer que escreva bem, mas isso é outra história!)

Ah pois é!! Aqui a esperta tinha o teclado pré definido em inglês (USA)... muito à frente!! E não percebo um "boi" disto, por isso andava desgostosa com o mini rosa, a pensar que ele não gostava de mim, e que não nos íamos entender... até porque já o "matei" e "ressuscitei" uma vez, nem sei bem como, ao fim de 15 dias! Mas é desta. Sinto que é agora que a coisa vai correr bem!

 

PS: desengane-se quem pense que percebi isto sozinha... tive uma ajudinha preciosa de quem realmente percebe! E não, para mim não era evidente!!

tags:
publicado por Antes assim... às 23:19

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Junho de 2010

O MELHOR DE TER PERDIDO 17 QUILOS!

Para alem de ter ganho imensa roupa gira (guardada no armário há  pelo menos 4 anos), e de voltar a ter vontade de comprar mais ainda... é o facto de passar na rua e a maior parte das pessoas não me conhecerem!! Eu que adoro passar despercebida, detesto dar nas vistas ou chamar a atenção, sentir-me a passar despercebida assim é sentir-me nas nuvens.

 

Se bem que tem os seus contras, porque às vezes olham para mim... com ar de "Quem é que será aquela? Será nova por aqui?". E pronto, já estão outra vez a olhar para mim... não pode ser tudo bom!

tags:
publicado por Antes assim... às 12:34

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 2 de Junho de 2010

AINDA HA VIDA POR AQUI!!

Queria estar aqui cerca de duas horitas a escrever... e penso que punha a escrita em dia!!

 

O computador em casa ainda não está a dar frutos...

 

O pipoca está a passar por uma fase de acentuada teimosice, que nos põe nos limites da tolerância!! Tudo bem, vai intercalando com muito mimo e tal, más é teimoso como tudo (leia-se como o pai e a mãe!!).

 

Mas nem tudo é menos bom, e há a registar o inicio do desfralde nocturno há duas noites com sucesso a 100%!

 

 

 

tags:
publicado por Antes assim... às 14:10

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 19 de Maio de 2010

PRENDAS!

Só para dizer que sim, que recebi prendas muito lindas nos meus anos. E que agora já tenho o meu lindo mini computer cor de rosa, e uma saia de ganga, um casaco azul escuro, uma blusinha às flores (errrr... cor de rosa), umas sandálias azulão, utensílios para me iniciar nos lindos bolos coloridos (yes!!), flores, dinheirinho, enfim... sou uma mulher bastante feliz!
Mas o pior foi hoje... quando entrei na pagina do sapo e cometi a ousadia de abrir uma janelinha onde anunciava as tendências deste verão para os pezitos!!! Buãaaaaaaa.... são 50 magníficos pares de sandálias e eu conseguia, sei lá... optar por umas 45!! Pronto, prescindia de 20... se me dessem as restantes!!! E agora só faço anos para o ano... nem tenho coragem de poder pedinchar ao marido para trocar o valor do computador por metade daqueles sapatinhos, porque queria tanto o mini.... afinal sou apenas uma mulher assim assim feliz, não se pode ter tudo "né"?
tags:
publicado por Antes assim... às 09:33

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Quinta-feira, 13 de Maio de 2010

DA CUNHADINHA... COM AMOR... E VIA SMS!!!

"Sabias que Deus deu a cada pessoa uma cor?

 

Azul pela ternura,

 

vermelho pela beleza,

 

verde pela simpatia,

 

e o laranja pela humildade...

 

e a ti, deu-te o arco-íris!?"

 

 

Nota: Como lhe respondi imediatamente, ADORO-A!!

tags:
publicado por Antes assim... às 12:00

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

.links

.tags

. todas as tags