.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. o amor

. Cá por casa é tudo compli...

. Porque viver é mesmo assi...

. Março

. 2011

. PODIA SER DE UM FILME...

. PRENDINHAS DAS BOAS

. A NOSTALGIA DO NATAL

. A VIDA NÃO É FÁCIL...

. BIRRAS... COISA MAI LINDA...

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Quarta-feira, 20 de Maio de 2009

E POR AQUI, AS COISAS VÃO ASSIM ASSIM...

O meu pipoquinha continua com diarreia, e a vomitar... O pediatra já lhe mudou a medicação, ontem passou bem durante o dia, à noite dei-lhe o remédio para a diarreia e acabou a vomitar tudo. Sinceramente senti-me desesperada e só me apetecia chorar. Desde sexta feira que vejo o meu filho aflito, a sofrer, com fome e a não poder dar-lhe comer. Desde sexta feira que limpo diarreia e apanho vomitado. Desde sexta feira que mal durmo, porque tenho receio que o pipoca se engasgue ao vomitar a dormir. Mas pelo filhote fazia tudo no dobro. O pior é que me sinto a fragilizar emocionalmente por o ver assim, sem melhoras, por não conseguir chegar a todo lado ao mesmo tempo e ver a casa mais desarrumada e a roupa a amontoar na tábua de passar a ferro, por achar que em primeiro está o meu filho, que só quer colo... por ter de andar estes dias a fazer chichi, comida, limpezas e arrumos com ele ao colo... e no fim ainda ter que levar com criticas do marido. Mal abre a boca, mal conversamos, mas cobra-me que não lhe conto as coisas...  Durante o dia estamos, sem exageros, cerca de uma hora juntos, e nessa hora eu estou a dar banho ao pipoca e ele esta na cozinha, ou eu estou na cozinha e ele na sala. Quando nos sentamos para jantar, eu estou a dar atenção ao pipoca e ele evita conversas, se fala é sobre o trabalho dele. E depois, quando abre a boca é para criticar. Ontem foi porque dei o remédio ao menino. Se calhar ele acha que eu gosto de o ver vomitar, que fiz de propósito. Já que não me ajuda ao menos uma palavra de incentivo sabia bem... e não, não chega mandar mensagens a perguntar se ele está bem, ou gritar comigo para ligar ao pediatra a meio da noite. Ser bruto comigo não mostra que ele esteja mais preocupado com o nosso filho que eu. Estou cansada e uma palavra de apoio ia saber bem. Estamos os dois preocupados, podíamos levar isto pelos dois, não? Podia tentar ficar mais em casa, dar uma ajudinha... ou pelo menos perguntar se precisava de ajuda, que eu ia dizer que não mas ia ficar contente por ele ter percebido que eu precisava de ajuda e ele estava disposto a ajudar.

 

Ontem o meu estado emocional estava em ebulição eminente, e no fim da reacção dele ao vomito do pipoca mal contive o choro. Quando ele saiu não me contive e chorei desalmadamente. O meu filho, que ainda não tem dois anos, foi um homenzinho e agarrou-me a cara com as duas mãozitas, chamou-me de bebé, deu-me beijos e disse-me que já tinha passado. Hoje o marido mandou-me uma mensagem a pedir que eu pensasse nalgum lugar para irmos passar o fim de semana, que estávamos a precisar. A precisar estou eu e é de ti, marido, não do raio que parta do fim de semana fora!!

publicado por Antes assim... às 15:49

link do post | comentar | favorito
15 comentários:
De mil sorrisos a 20 de Maio de 2009 às 16:00
Minha querida, calma. Quando eles estão doentes nós ficamos tão indefesas e desesperadas que tudo ganha outra dimensão. Sei que é mais fácil escrever, mas recomendo que unam esforços para o bem comum - o bem estar físico do menino e o vosso bem estar enquanto casal. As melhoras.
Beijos e Mil Sorrisos
:o)))
De Antes assim... a 20 de Maio de 2009 às 17:25
Obrigada, é mesmo assim que me sinto, desesperada! Só gostava era de saber como unir esforços, que eu bem sei que seria tão melhor para todos amiga...
Beijinhos
De mamaepedro a 20 de Maio de 2009 às 16:10
Mas afinal o que tem o pipoca? já é há um tempito, fogo!!! As melhoras rápidas miga, é mto desgastante vê-los assim e depois sem ajuda, pior ainda... Espero que resolvam isso melhor.

Beijinhos
De Antes assim... a 20 de Maio de 2009 às 17:21
O pipoca apanhou uma infecção devido a ter bebido água contaminada... Como é criança, deve ter ficado mais fragilizado, ou não sei... só sei que a médica diz que é muito bom não ter febre, mas eu vejo-o assim e fico aflita também...
Obrigada, beijinhos
De Tudo SobreTudo a 20 de Maio de 2009 às 16:18
Bem...
Nem sei que diga depois de um desespero destes!
O meu filho tem 2 anos e esteva à uns meses com uma grave gastro-entrite que me levou ao desespero emocional!
Sei bem o que sentes pois é deveras desesperante vermos os nossos filhos com dores e mau estar!
Lamento imenso que o marido esteja ausente... felizmente o meu é muito atento a esses assuntos e ajuda-me o mais que pode sem eu pedir!
Não sei o que deva aconselhar dado não o conhecer! Mas de uma coisa tenho certeza: É a conversar que a gente se entende! Se conseguires senta-te uns minutinhos e aquilo que escreveste aqui diz-lhe a ele! Pode ser que te entenda!Desejo as sinceras melhoras e que tudo fique bem!
Beijinhos
TST
De Antes assim... a 20 de Maio de 2009 às 17:16
Desesperante, é mesmo a palavra ideal. Ao fim destes dias todos sem ver melhoras uma pessoa fica sem saber o que fazer e pensar... quanto à conversa , quem me dera. Ontem senti tudo o que aqui escrevi e não disse nada. Já me dei tão mal por insistir em conversar e dizer o que sinto, que tenho optado por me calar... e não, não me sinto nada melhor com esta decisão...
Obrigada e beijinhos
De Cunhadinha a 20 de Maio de 2009 às 16:24
Ò mimha linda...sabes q podes contar cmg, não sabes?!
Enfim...ele pensa q o fds resolve td...resolve as brigas, a confusão q paira por ai...
Tenta ter calma e força...agora é esperar q os remédios façam efeito, senão...toca a ligar p o doutor!

Beijocas
De Antes assim... a 20 de Maio de 2009 às 17:12
Claro que sei linda... se um fds fosse a resolução dos nossos problemas, já estavam mais que resolvidos, mas ele não percebe...
Beijocas
De Marta a 20 de Maio de 2009 às 17:51
então amiga?
vá toca a animar

beijinhos
De Antes assim... a 21 de Maio de 2009 às 12:11
Ando a tentar amiga, juro que ando!
Beijinhos
De Bicho do Mato a 20 de Maio de 2009 às 23:13
Antes de mais... as melhoras do pequeno.
Em relação ao resto percebo perfeitamente a tua situação porque tenho do mesmo em casa. Não sabem como reagir ao problemas, criticam sem ajudar ou arranjar uma solução e depois, no fim, vão pensar na melhor maneira de resolver o problema e o que surge?? "Vamos gastar uns trocos e fica tudo esquecido".
Não leves tão a peito... eu sei que no calor da discussão irrita mas cada um tem a sua maneira de tentar resolver as coisas.
Muito importante... não chores à frente do teu bebé. Não o deixes perceber que tás a sofrer.
Por ultimo... obrigado pelo apoio e pelos comentários que me tens deixado.
Beijinhos e as melhoras
De Antes assim... a 21 de Maio de 2009 às 12:10
Obrigada pelas palavras amiga, eu sei que tens razão... em tudo!
Beijinhos
De maebabada a 21 de Maio de 2009 às 10:54
quando os miudos estão doentes nós ficamos aflitas e sentimo-nos impotentes , parece que nada ajuda, parece que nada resolve, parece que pioram em vez de melhorar e, normalmente quando estamos assim disparatamos para todo o lado, ficamos zangadas por não nos perceberem embora às vezes nem expliquemos o que sentimos, esperamos que entendam o que estamos a sentir porque para nós é obvio e é dificil de explicar...
Nestas alturas é muito facil discutir, berrar, tentar por a culpa noutro porque no fundo queremos é uma explicação e uma solução...isto tudo para dizer que percebo perfeitamente o que sentes, mas que quando se esta de fora se consegue ter outra calma, e secalhar o marido sente-se tão inutil quanto tu, secalhar mais, porque o pipoca também não o deixa ajudar e ele depois fica sem saber o que fazer e sem conseguir ajudar e concerteza também se sente mal...mas olha, acho que se o pipoca estiver melhor fazem bem em ir a algum lado sossegado, para sair de casa..quando o G. andava assim parecia que toda a casa me cheirava a vomitado e a diarreia....

beijocas
De Antes assim... a 21 de Maio de 2009 às 12:09
Obrigada amiga, tens muita razão naquilo que dizes, aliás, parece-me que é exactamente isso que se está a passar... mas não ajuda muito exteriorizar a impotência em gritos e exigências descabidas. E estou com tu, tudo me cheira mal!!!
Beijinhos
De mamaediogo a 21 de Maio de 2009 às 14:07
Tem calma amiga...vais ver q rapidamente tudo volta ao normal...eu sei q ñ é fácil...o Diogo teve 2 meses seguidos quase sempre doente....é de nos levar ao desespero.....mas tb sei por experiência própria q as coisas acalmam.....

Beijocas grandes, as melhoras do pipoca......

Comentar post

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags