.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. o amor

. Cá por casa é tudo compli...

. Porque viver é mesmo assi...

. Março

. 2011

. PODIA SER DE UM FILME...

. PRENDINHAS DAS BOAS

. A NOSTALGIA DO NATAL

. A VIDA NÃO É FÁCIL...

. BIRRAS... COISA MAI LINDA...

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2009

ISTO DE SER MÃE...

Tem que se lhe diga... ontem estava a chegar a hora do pipoca ir dormir e reparo que não sei das tetinas. Ele começa a procurá-las, cansado, com sono, rabugento e sem as encontrar começa a ficar sem se poder aturar... a mãe àquela hora, com dores nas costas, em dia de o pipoca ter ido à outra avó, e cansada, pior se aturava... Desisti de as procurar, até porque primeiro tinha a esperança que a moça das limpezas (que calharam ontem), a C., as tivesse achado... depois fiquei a achar que as tinha deitado fora. Bom, liguei ao pai que foi de imediato à farmácia de serviço (uma das melhores ideias de todos os tempos, e uma grande salvação para os enrascanços lá de casa!!). Enquanto o pai não vinha, o pipoca resolveu abrir o móvel onde guardo as coisas dele, tirar o pacote da papa e começar a deitá-lo para o chão!!! O chão acabadinho de limpar pela C.!!! Olhei para ele com aquele ar... e não é que fez ainda pior, a espalhar papa o mais depressa que conseguia??? Passei-me, peguei-lhe no braço, tirei-o do local do crime e ralhei... gritei... gritei muito... demais... aspirei o chão e o meu pipoca ficou a chorar. No fim peguei-o ao colo e disse-lhe que se tinha portado mal. Que a papa é para comer, não é para pôr no chão. E ele pediu-me "pu" (desculpa)... e pronto, razão para ter ficado de coração apertado por lhe ter ralhado, mesmo sabendo que tinha razão... mas se calhar não precisava ter gritado tanto... se calhar descarreguei ali o que sentia em relação aos outros problemas... se calhar podia ter-lhe dado um desconto por estar com sono... aiiii. Sempre que penso na cena apertasse-me o coração e fico com uns remorsos estranhos. Mas ele também está numa idade em que tem que ser travado, e não pode fazer o que lhe dá na real gana... Enfim!

 

De manhã, ainda ensonada, chego à casa de banho e dou-me com as preciosas tetinas enfiadas no frasco do soro!!! Querida C., realmente foi o melhor lugar do mundo para as guardares... tetinas transparentes, em cima de um frasco transparente, na casa de banho?? Pronto, eu sei... não deves fazer a mínima ideia do que é "aquilo", nem o que é que "aquilo" andaria a fazer espalhado pela casa!!

 

À hora do almoço enchi o pipoca de beijos.

publicado por Antes assim... às 13:53

link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De maebabada a 21 de Janeiro de 2009 às 14:40
acontece a todas ralharmos a mais ou gritarmos demais...acontece, não dramatizes porque o pipoca a esta altura só se lembra dos mimos :o))

beijocas
De Antes assim... a 21 de Janeiro de 2009 às 14:51
Aiii... espero que sim... quer dizer, devia lembrar-se de que não deve entornar a papa também!!!

Beijinhos
De mamaepedro a 21 de Janeiro de 2009 às 15:17
Lendo os comentarios, acho que tb se vai esquecer que não pode deitar comida para o chão, hihihi. Mas pronto, acontece nós descarregarmos ás vezes neles, mas que fez asneira fez, pronto. Isso passa com umas beijokas. Ninguém é perfeito, mesmo que pense o contrário.

Beijinhos


De Antes assim... a 21 de Janeiro de 2009 às 15:58
Vai, não vai??? Eu sei...
E perfeita, eu? Jamais... apesar de querer sempre ser melhor, não é?? Mas pronto, custou-me um bocadinho!!
Beijinhos
De a 21 de Janeiro de 2009 às 17:01
Deixa lá. Ser mae é um processo dificil. Tem partes boas e menos boas. Nas menos boas está implicito que às vezes também temos que nos "zangar" para eles perceberem que certas coisas nao sao para repetir.
Mas depois compensamos com beijinhos e o resto nao conta.
Beijokinhas para os dois
De Antes assim... a 21 de Janeiro de 2009 às 17:16
Pois é amiga... às vezes tem que ser, mesmo que depois custe... e se eu lhe dou beijinhos com fartura!!!

Beijinhos

Comentar post

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags