.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. o amor

. Cá por casa é tudo compli...

. Porque viver é mesmo assi...

. Março

. 2011

. PODIA SER DE UM FILME...

. PRENDINHAS DAS BOAS

. A NOSTALGIA DO NATAL

. A VIDA NÃO É FÁCIL...

. BIRRAS... COISA MAI LINDA...

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

DESAFIO I

A amiga mãe babada lançou-me mais este desafio: "Life Changing Memo"

 

Diz que é uma corrente em que temos de  indicar o que mudaríamos nas nossas rotinas, projectos, opções dos últimos anos...

 

Meu Deus... isto é bem mais profundo... vou tentar sintetizar, juro!

 

- Na minha rotina mudaria o facto do marido trabalhar todos os dias da semana, de dia e de noite e só muito de vez em quando e aos Domingos estar connosco à noite (mas não depende de mim...); mudava também alguma desarrumação crónica que por vezes se instala em certas zonas / gavetas da minha casa (queria mais tempo...); mudava a ladainha de trabalho, loja da mãe, casa e vice versa (com o pipoca mais crescido e o bom tempo, com ou sem pai, começo a sair com ele ao fim de semana, isto eu quero mesmo mudar!!)

 

- Nos meus projectos... é dificil, nunca idealizei assim nada muito em grande, não sou muito ambiciosa. Realizei o projecto de construir casa, casar e ter um filho, isso não mudava. Começo a pensar e neste campo acho que não mudava nenhuma decisão que tomei, pessoal ou profissional.

 

- Nas minhas opções, isso sim mudava muita coisa: jamais teria dado tanta confiança à minha sogra; nunca me teria tornado na melhor amiga da irmã do meu marido; teria tido as conversas frontais que tive com a minha sogra na presença de alguem, de preferencia o marido; teria dito tanta coisa que tenho entalada e gostaria de dizer à minha sogra; não teria entrado em depressão (feita parva, e que ainda hoje me persegue, mas isso não era uma opção pois não??) e sofrido tanto pelo meu marido e com medo de reacções que envolvessem o meu filho... se calhar, se tivesse tido coragem, tinha-me divorciado.

 

Já está... acho que me portei bem e até não me excedi... podia ir lá mais atrás mas não sei se mudaria o facto de ter tirado um curso que me decepcionou, apesar de o querer desde os 9 anos de idade... e de ter terminado com um grande amor de 4 anos em que ele não podia ver um "rabo de saias", lindo de morrer, mas mulherengo até dizer basta. Ah, mas mudava o facto de não ter ficado amiga dele, isso mudava.

 

E pronto, passo o desafio aos amigos de sempre, que quando aqui passarem, já sabem, levem o desafio... este é bem interessante para pensar na vida!!

sinto-me:
tags:
publicado por Antes assim... às 15:30

link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De maebabada a 26 de Novembro de 2008 às 09:47
olha...acho que tudo o que depender de ti para que a tua vida seja mais de acordo com aquilo que queres, deves faze-lo...mesmo com o teu marido e com a tua sogra.

Claro que ha assuntos que não valem a pena, mas se isso perturba a vossa relação de modo muito visivel e muito sentido deves faze-lo, não apenas por ti mas pelo teu filho, porque daqui por um dois anos ele vai começar a perceber os teus humores e vai querer saber os porques...
é so a minha opinião..quem esta dentro do convente é que sabe o que la vai dentro!

beijocas
De Antes assim... a 26 de Novembro de 2008 às 10:05
Tens toda a razão amiga... é verdade mas eu não consigo fazer mais... cada vez que se aproxima algo que eu prevejo que vai dar confusão sofro por antecedência , depois sofro no momento e quando me imponho a briga é feia e o marido continua sempre contra mim... O que mais lamento nisto tudo é que o meu filhote possa vir a sofrer com isso. Esta paz disfarçada deixa-me numa constante tristeza interior que não me faz bem... e a ele também não...

Obrigada pelas tuas palavras. Beijinhos

Comentar post

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags