.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. o amor

. Cá por casa é tudo compli...

. Porque viver é mesmo assi...

. Março

. 2011

. PODIA SER DE UM FILME...

. PRENDINHAS DAS BOAS

. A NOSTALGIA DO NATAL

. A VIDA NÃO É FÁCIL...

. BIRRAS... COISA MAI LINDA...

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Quinta-feira, 7 de Agosto de 2008

SEM COMENTÁRIOS!!

A minha sogra, sem razão (porque nunca me conseguiu dar uma plausível) deixou de gostar de mim...

Inventou umas desculpas esfarrapadas e deixou de me falar...

Arranjou muitos problemas entre mim e o marido e isso não  é bom...

Faz coisas erradas sem que isso tenha tido consequências...

Quando alguém faz coisas idênticas, sem segundas intenções ou por maldade, ela e o meu sogro "armam o verdadeiro espectáculo" com direito a gritos, faltas de educação, mentiras, desrespeito e muitas, mas muitas mesmo, acusações sem qualquer nexo.... o culpado?? Não, não sou eu, apesar deles acharem que sim... a culpa é do ciúme doentio que sentem.

Ciúme de mim com o marido; de mim com o meu filhote, de mim com a minha familia, enfim... ciúme de mim!!

 

Podiamos ser todos felizes, digo sem qualquer peso na consciencia que nunca fiz nada para que as coisas chegassem a este ponto! As pessoas que verdadeiramente me conhecem também sabem que assim é... mas doi... doi porque no fundo o marido culpa-me por esta situação (mesmo que ele diga que não, as atitudes dele mostram-me o contrário); doi porque faça ela o que fizer ele nunca a condenará; doi porque por três vezes tentei que as coisas ficassem bem e nunca reconheceu isso... em consequência apenas mais acusações, e mentiras, e faltas de respeito... que eu já não tolero mais.

 

ACABOU. Não me permito sofrer mais por quem não merece. Só Deus sabe o quanto tem sido dificil passar por tudo isto... Deus e a minha querida familia e os meus queridos amigos que têm sido incansáveis comigo. Admito que é nos maus momentos que se vêm os verdadeiros amigos. Eu tenho bons amigos e isso já é tão bom!!

 

Pensei em desistir... da vida, do casamento... do meu filho não consegui e por isso mesmo, não desisti de nada... mas retiraram-me tanto da minha felicidade que não  tem sido fácil voltar ao que era... o que até me parece que seja impossivel... o futuro o dirá!

 

Mas porque digo que me parece impossivel??

 

Eu não falo deles com o marido e ignoro quando ele fala deles... as coisas vão indo sem discussões. No fim de semana passado soube que a minha sogra tinha ido fazer queixas a uma vizinha da minha mãe (prima dela), tanta mentira junta!!! Hoje o marido diz-me que um primo dele vai casar a 18 de Outubro: é primo carnal da parte da mãe, eles vão lá estar, eles e a familia toda deles... e eu?? Como é que fico no meio disto tudo?? Se só de pensar que vou ter que estar na mesma sala que eles já começo a tremer e o coração dispara a mil à hora?? E quando o marido for para junto deles com o menino, eu fico a fazer o quê??

Ainda falta tanto e já estou super nervosa. E falar com o marido não adianta... vamos ver.

 

 

sinto-me: mal
publicado por Antes assim... às 17:48

link do post | comentar | favorito
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags