Lilypie Fourth Birthday tickers

.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. o amor

. Cá por casa é tudo compli...

. Porque viver é mesmo assi...

. Março

. 2011

. PODIA SER DE UM FILME...

. PRENDINHAS DAS BOAS

. A NOSTALGIA DO NATAL

. A VIDA NÃO É FÁCIL...

. BIRRAS... COISA MAI LINDA...

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Free Blog Counter

Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009

IIIUUUPPPIIII

Então a modos que é assim:

 

Ontem fiz doce de tomate, maravilhoso... e pifei o microondas!!

 

Hoje é o último dia de trabalho... Domingo rumamos ao Algarve para uma semaninha de descanço e relax... quer dizer, o pipoca também vai não é??? Por isso vai ser mais uma semana de diverção e novidades!!

publicado por Antes assim... às 11:45

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quinta-feira, 27 de Agosto de 2009

SÓ PARA SABERES!

Hoje iamos a entrar para o carro e eu digo-lhe:

 

"Vá, vamos lá Sr. B!"

 

E ele responde muito indignado:

 

"B... T... T...(Nome Completo)... Nhôre não!!"

 

tags:
publicado por Antes assim... às 12:26

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Agosto de 2009

ELE

O meu "mais que tudo na vida" consegue alternar estados de pura meiguice e encanto, e outros de pura traquinice, teimosice e de surdo!! Sim, porque o menino quando quer, não ouve nada e tem um poder de ignorar digno de fazer inveja a qualquer politico do nosso rico pais! Em compensação, gosta de me chamar ininterruptamente e sempre a aumentar de som, quase até ao grito... e de nada valem os meus "Sim" Ou "Diz filho" que os "MÃAAEEE??" continuam a bom som. É o gozo total, e muitas vezes só pára quando já me passou a fase de irritada para a de gozo tambem, e me apanha a sorrir para ele... acabam por ser momentos tão nossos, de tanta cumplicidade que às vezes tenho medo de algum dia isso já não vir a existir...

 

Fala pelos cotovelos, mas admito que quanto mais fala, às vezes, menos se percebe, e em muita coisa apenas eu ou a avó conseguimos entender. Mas diz coisas amorosas, elogia-me por iniciativa própria e derrete-me todinha... surpreende-me com palavras novas, que nem percebo quando as aprendeu. No outro dia reconheceu o "ómanhanha"  (homem aranha) numa mochila, coisa que me divertiu pela expressão de surpresa e felicidade dele... e minha, que não é figura de que se fale lá por casa... ou não era. Ontem matei uma mosca na mesinha de madeira da sala. Como estávamos a ver televisão, disse-lhe que no intervalo a levava para o lixo. Mas ele, intrigado, andava de volta da mosca, olhava para ela bem de perto, ria-se, e quase lhe tocava. Enojada com aquilo, fui buscar um papel e, sem ele ter percebido, levei aquilo para o lixo. De repente, diz-me ele muito admirado "Mãe? A nhota zapaxeu!". O que me enchi de baba ao ouvi-lo dizer desapareceu... claro que pedi para repetir a ver se tinha ouvido bem, mas ele limitou-se a gozar comigo. Sim, eu sei, são lamechices, e o rapaz está só a aprender a falar. Mas o que é que querem?? O pai então adora ouvi-lo dizer "Mamúthu" (Mamute) e está sempre a pedir-lhe para repetir...

 

O meu pipoca enerva-se plenamente é quando as pessoas se metem com ele logo de manhã, e confesso que eu tambem. Costumamos encontrar quase sempre as mesmas pessoas a tomar café aquela hora. Pois todas sabem que a essa hora ele não é propriamente sociável, vem com o resto do sono e muito mimo da mãe, todas sabem que não gosta de beijos e muito menos que lhe toquem, mas insistem... e insistem... e às vezes até me ferve o sangue, porque depois ele grita e ainda o chamam de mal humorado, dizem que tem esparvão e que é mimado. Pode ser que me engane, mas dentro em breve estou aqui a contar uma resposta minha a alguem. Hoje esteve mesmo a sair, mas a minha mãe percebeu que eu ia abrir a boca e falou primeiro a desculpá-lo, que tinha mau acordar. Impliquem com a minha cria amanhã que eu mostro-lhes quem tem o esparvão!

 

Bom... voltando às partes melosas, o meu menino continua um beijoqueiro nato. Pede-me tambem muito colinho, e durante a noite agarra a minha cara com as duas mãozitas, não vá eu escapar-me!!

 

Anda um ecologista nato e reciclagem é com ele. Não há vidro, plástico ou papel que lhe escape. O problema é que até nos restaurantes o meu rico filho o faz, e é vê-lo a tentar que despejem as garrafas o mais rápido possivel, para que ele as possa levar ao servente, e mandá-lo levá-las para o vidrão, claro!! A conversa é sempre a mesma, "O B. põe a tháfa á idhão. Pum... B. a thutho..." (O B. põe a garrafa no vidrão. Pum... O B. assusta-se...", mas não há susto que o demova. E é ver a festa que ele faz sempre que encontra um ecoponto, até quando vai no carro e me diz "Mãe, olha, a lixo!"

 

Giro tambem é ver como percebe a diferença entre "thouge" (hoje) e "Manhã" (amanhã). E como começa a diferenciar o masculino do feminino. Adora dizer "O B. é nhú... mãe é nhua!". Começa quando vamos tomar banho, coisa que ele adora que façamos juntos e me pede tanta vez.... depois continua divertido com o "nhú" e a "nhua"... às vezes, troca de propósito à espera de uma reacção minha, depois eu finjo ficar muito indignada com o erro, e ele ri que nem um doido... tão bom!!

 

A canção nova que aprendeu:

"Athátho pinthá... em pinthou?... a velha athi paxou... a thempe a ei... pux athátho à oueia à mãe"

 

E outra que já sabia:

"Athei a páu à thátho... à thátho atheu... a xica a thutho a bé à thátho dheu... NHÁUUUUU"

 

Só é pena que volta e meia tanta teimosia dê em ralhete, castigo ou uma palmada na mão... no fim é uma troca de "pupas" entre nós os dois, mas ele depressa se esquece do que promete... ai ai...

tags:
publicado por Antes assim... às 16:41

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 25 de Agosto de 2009

RESUMO

- Na sexta feira, saída do trabalho, peguei no pipoca e fomos lavar a piscina dele. Nem vou descrever como aquilo estava...

 

- No sábado, o raio da água da piscina do pipoca já tinha bicharocos!! Como ele insistiu que eu lhe fizesse companhia no banho, e eu detesto bichos... vai de lavar a piscina outra vez.... no fim de cheia, ele deita-se, posa a cabeça na borda da piscina e solta um "A thitha...." (que maravilha) exactamente o que eu disse na primeira vez que lhe fiz companhia e me deitei assim, já p'raí há um mês!! À noite fomos jantar ao Mc, a convite do meu mano e da cunhadinha. O jantar correu bem, mas nessa noite a mãe aprendeu duas coisinhas: 1º - o pipoca agonia-se com os nuggets, e ia quase vomitando em pleno restaurante, por isso, continuar a pedir o hambúrguer simples e que ele devora em três tempos! 2º - o pipoca não tem 3 anos e por isso não pode andar no escorrega do Mc; aquilo é grande e fechado, e a mãe não leu as indicações relativamente à idade... o menino pediu, como já havia feito nas várias vezes antreiores em que lá tinhamos ido, a mãe teve peninha e, contrariando o pai com um "Vá lá, tadinho, ele tá a ver os outros meninos, tambem quer ir...." deixou o menino ir. Assim que o vi desaparecer na primeira curva arrependi-me imediatamente de o ter deixado ir... na segunda curva parou, uma menina pressionou-o para continuar e ele desatou a chorar que queria a mãe. De nada valeu o pai e o tio a bater no plástico para que ele soubesse que não estava sozinho, ele queria era a mãe... valeu-nos a abençoada da madrinha, que é linda, magrinha e ligeirinha, que se descalçou e entrou pelo escorrega dentro para salvar a minha cria. Eu lá me enfiei na escada para o receber e para a madrinha poder sair dali... e ele só dizia "O B. athia paxar... B. a thutho..."( O B. não conseguia passar... O B. apanhou um susto). Apanhou ele e eu... e o pai ainda me presenteou com um "Eu não disse...". E com razão marido, que eu bem admiti que errei... meu riquinho filho!! Pode ser que para a proxima já não peça para ir, e não fique a olhar para os outros meninos com aquele olhar de vontade de ir e pena por não ir, e que foi a razão de eu o ter deixado ir... aiii!!!

 

- No Domingo o jantar foi lá em casa: Lombinhos de porco e perú no forno, arroz de feijoca e batatas fritas na Actifry (Os homens acham que aquilo não sabe a frito, pois, pudera, não esteve mergulhado em óleo até ao pescoço!!!). Para entrada servi requeijão com os meus doces de melão e meloa... e um belo de um pão de alho (que o meu tio achava que era de compra) e que fez as delicias do mau papí!! Ah, e finalmente ele percebeu que o meu pão é uma delicia, modéstia à parte!! Bom, bom, foi estarmos todos juntos outra vez. O pipoca adora estes jantares, e esteve imenso tempo entertido com o padrinho e a prima. E ainda levou a tia para o ó ó dele...

 

 

publicado por Antes assim... às 09:32

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009

Hummmm....

Ontem à noite saiu mais um pãozinho maravilhoso, para acompanhar uns tomates farcies (Recheei com carne de porco e peru e temperei a gosto, com coentros que trouxe da horta do meu pai, mas o marido, como não aprecia, achou que sabia de mais aos ditos... para mim estava excelente) e um esparguete de tomate!! Da horta do meu pai chegam tomates todos os dias. As sopas têm saído mais bonitas e saborosas, mas a quantidade é muita, por isso, há que dar asas á imaginação. Até ao final da época dos tomates há-de comer-se cá em casa muita salada, muito molho de tomate, sopa do mesmo, fazer-se uma reserva de tomates farcies no congelador, e um belo de um doce de tomate... ah pois é!!

 

Enquanto brincava com o pipoca, antes de o deitar, aproveitei o resto de um melão já maduro de mais e, seguindo as dicas maravilhosas da amiga Moira, em menos de nada a minha cozinha já tinha um aroma divinal a doce de Melão.

tags:
publicado por Antes assim... às 11:23

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 20 de Agosto de 2009

AINDA DA QUARTA... E UM BOCADINHO DA QUINTA!

Ontem à noite o pipoca vomitou no fim de beber a papita. Sujou a cama toda e eram 23.30H andava eu a mudar lençois e resguardos, a limpar o colchão, a protecção lateral da cama e a dar mais uma banhoca ao pipoca. O meu piqueno quando vomita fica muito aflito, tadinho, e com razão... mesmo assim, vomita com facilidade, ao contrário da mãe, mas costuma ficar muito agastado no fim. Ontem, no fim de comer a papita arrotou e saiu um bocado de papa (digo eu que tinha comida até à garganta e não cabia mais nadinha). Agoniou-se e deitou tudo cá para fora. Pelos bocados inteiros de comida, o pipoca não tinha feito a digestão, e espero que tenha sido só isso, e que tenha sido por ter comido muito!! Mas no fim, em vez do habitual agaste, não! Ficou com as pilhas recarregadas e notoriamente bem disposto... eu é que não estava a achar muita graça a ter que estar com aquele trabalho aquela hora e ainda o ter aos pinotes em cima da cama que eu tentava fazer!!! No fim de tudo limpinho, lá bebeu um chá e dormiu... a meio da noite bebeu papita e hoje de manhã voltou a pedir-me chá! Vamos ver no que dá ao longo do dia...

 

Deixando esta conversa menos agradável, vamos a outras coisas. Lembram-se do pão que cozi na terça feira?? Pois bem, no fim de frio meti as duas bolas dentro de um saco de plástico na caixa do pão. Ontem gabei o meu pão, que continuava macio. Mas qual não foi o meu espanto quando hoje ao pequeno almoço fui comer do meu rico pão e o mesmo estava ainda macio e saboroso! Não é por nada, mas o pão do padeiro ao terceiro dia está tipo pedra e já com cheiro a bafio. Desconfio que poderá contribuir para isso a maior quantidade de fermento que els põem. Se este pão já estava aprovado, agora então está aprovadíssimo. Tenho é que cozer mais, porque o meu querido pai não acreditou no que a minha mãe lhe disse, e acha que eu não consigo fazer um pão comestível!!

 

Ontem, aproveitei a ida do pipoca e do pai à avo e fiz umas cookies deliciosas. Muito fáceis e rápidas de fazer, e com pouco açúcar. Ficaram tão lindas e perfeitinhas que hoje de manhã, quando dei uma à minha rica mãe, ela sai-se com esta "Foste tu que fizeste isto?? Parecem das de compra..." Hummmm, isto é bom ou mau?

 

 

Bom... acabei de dar uma bolachinha aqui aos colegas de trabalho e a coisa correu bem... tão bem que a minha cumplice me está a incentivar a fazer bolachinhas para vender!! Ah... e o chefe disse que tinham um sabor de profissional (ó p'ra mim aqui a babar-me toda ).

 

A receita maravilhosa veio do blog As minhas receitas!

publicado por Antes assim... às 09:17

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 19 de Agosto de 2009

QUARTA-FEIRA

- Ao fim de quatro belas noites a dormir sem pedir papa a meio da noite, esta noite sou acordada às 3.00H com um beijinho no braço... e um "Mãe... papita" ensonado...

 

- Eu adoro cozinhar, é um facto. Gosto tanto de seguir receitas como de inventar e improvisar. Sigo com devoção os blogs ali do canto direito e foi no blog Tertúlia de sabores, no da Luisa Alexandra e no No soup for you que descobri uma receita para fazer pão em casa, de forma fácil, que me vinha a abrir o apetite, sobretudo o apetite de pôr as mãos na massa (isto literalmente, que esta massa amassa-se com uma colher de pau!!!). Assim, e aproveitando o facto do meu pai me poder arranjar farinha da boa, na terça à noite preparei a minha primeira caixa de massa. E fiquei encantada com o que aquilo cresceu e com o aspecto fofinho. Ontem à noite cozi o meu lindo pão e ficou... mesmo lindo! Mas mais do que isso, saboroso. Hoje de manhã as duas bolinhas estavam tão macias como ontem... e difícil foi resistir a comê-lo quente com manteiga!! Meninas dos blogs ali de cima, obrigada pela inspiração!!

tags:
publicado por Antes assim... às 09:30

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 17 de Agosto de 2009

AS COISAS MENOS BOAS DO FIM DE SEMANA:

- O marido anda a ouvir ralhar porque implica com o pipoca de tal forma que o faz enervar e gritar. São raras as brincadeiras que não acabem com ele aos gritos. O pior é que ele até já anda melhor dessa mania, e quando está com o pai volta aos gritos...

 

- O desfralde está a correr que é uma maravilha, e o pipoca dorme a sesta sem fralda e acorda do sono da noite sequinho. Mas na sexta feira entusiasmou-se com o facto de conseguir tirar sozinho a piloca para fora, mas deixava as cuequitas a apertar por baixo da mesma e, julgo que por causa disso, acabou por ficar um bocadinho vermelho e sensível nessa zona. Desce sexta que se anda a queixar, tenho posto creme, mas se não passar tenho de ir com ele ao médico para ver o que se passa.

 

- No Domingo à tarde, enquanto o pipoca dormia no meu colo, eu contemplava o mar, a praia e as pessoas. Estando algumas famílias perto do nosso chapéu era inevitável ouvir algumas conversas. No grupo que estava mesmo ao nosso lado havia um menino mais novo que o pipoca, pelo menos parecia. Quando foram lanchar oiço o seguinte diálogo:

"Ó X não dês cerveja ao menino!

Ah, não faz mal... ele bebe pouquinho...

Não dês mais cerveja ao menino!

Então não vês que ele bebe pouquinho... não faz mal!

(Muito riso geral)

Não dês mais que isso faz mal à inteligência"

 

Bom... eu nem vou dizer o que me deu vontade na hora... até a senhora que me pareceu ser a mãe até estava a achar muita graça. Há gente muito ignorante... e depois quando o menino tiver uma adolescência complicada, dificuldade de concentração ou aprendizagem e gostar de beber uns copos também vai achar muita graça!! Há um pai do circulo de amigos do meu pai que leva sempre o filho para as patuscadas. O menino é mais velho 3 meses que o pipoca. O meu pai admira-se que o menino fica ali sentadinho onde o pai o põe e praticamente não fala nada. Mas volta e meia anda à procura das garrafas da cerveja, a beber os restinhos, porque o pai lhe dava cerveja quando ele tinha apenas 1 aninho e todos achavam muita graça... e agora também acham quando o vêm a andar a "rapar"os restos das cervejas. O meu pai já disse que não era bom, mas foi ignorado. A mim, para além de me chocarem estas atitudes, revoltam-me. Porque a mãe deste menino sabe os problemas que o pai tem com a bebida. Vê o marido chegar bêbado a casa, tendo vindo a conduzir a mota ou o carro bêbado com o filho ao lado... e permite. Não sei se sou eu que exagero, mas parece-me que há pais que não o sabem ser... infelizmente.

publicado por Antes assim... às 10:00

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

AS COISAS BOAS DO FIM DE SEMANA:

- Desde sexta feira que o meu pipoca dorme a noite seguidinha. De sexta para sábado não dormi eu... primeiro porque lhe deixei a janela aberta, com os estores fechados até meio, e fiquei com medo que me fossem roubar a cria. Depois, porque ele nunca mais acordava, e então das duas uma: ou mo tinha roubado ou ele não estava bem. Claro que passei a noite a ver se estava tudo bem, e estava, e ele acordou fresco que nem uma alface às 8.00H. Na noite de Sábado acordei com ele a chorar. Como ele não aparecia no meu quarto fui ter com ele. Estava a dormir, mas a sonhar... acalmei-o e dormiu bem o resto da noite. A noite passada dormimos os dois que nem uma maravilha... ah, e tranquei os estores!

 

- No Sábado ao final da tarde fui para a piscina do pipoca com ele... hummm que maravilha, água morna e muito relaxe... soube mesmo bem, e ele adorou a companhia!

 

- No Sábado à noite fomos jantar fora com os tios, os primos e os meus pais. O pipoca está a ficar um menino lgrande e portou-se muito bem. Sem birras e a jantar à mesa de garfo e faca... a comer muito, claro!!

 

- Ontem fomos à praia com os primos e o meu mano e a cunhadinha. O dia estava cinzento, mas a diversão foi muita, ou não fosse a companhia maravilhosa não é?? O pipoca estava tão ansioso por chegar à praia que nem queria dormir pelo caminho e foi a lutar contra o sono quase até chegarmos. Quando chegamos ficou feliz da vida e correu para a areia como se esta lhe pudesse escapar!! Tomou uma banhoca valente na água gelada e não há meio de perceber que se for para o fundo fica sem pé e pode afogar-se, que não se bebe água do mar, e que quando se começa a tremer que nem um doido convêm sair da água!!! Ao almoço, no restaurante, também se portou muito bem e adorou comer bife com pêssego!! À tarde foi tempo de sestas, e de eu ficar com o rabo dormente porque ele adormeceu ao meu colo e ali ficou durante umas horas!!

 

- Ah... ainda da semana passada, mas não menos importante: o marido fez-me uma surpresa (acho que já não aturava mais os meus pedidos indirectos, e ultimamente assim p'ró directo...) e apareceu com uma linda Actifry lá em casa! Obrigada marido, és lindo!!!

publicado por Antes assim... às 09:41

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Agosto de 2009

UPS!

A coisa ontem não correu muito bem aqui para os pais !

 

Estávamos a terminar o jantar e para sobremesa fui buscar um melão. Cortei uma fatia para o marido e disse-lhe: "Ó mor tá maduro de mais..." e ele, dá duas palmaditas do melão e diz que não. O pipoca, com a mania de imitar tudo o que vê, estica-se todo da cadeirinha e vem tentar dar também umas palmaditas no melão. Conclusão, bateu mesmo onde eu tinha a faca, porque estava a cortar mais uma fatia. Apanhei um susto enorme, mas felizmente fez apenas uma pequena esfoladela... que deitou um pinguinho de sangue, mas que lhe deve ter doido bem, tadito.

 

No fim do jantar, e como estava mesmo muito calor, o marido foi até à rua e o pipoca foi também. Tinha as janelas de casa abertas, por isso íamos falando todos facilmente. Às tantas o pai decide vir para dentro e começa a tentar pegar no pipoca ao colo, ele enrola-se no chão e o pai tenta pegar-lhe nos pés e nas mãos. Não sei que voltas deram, mas o pipoca escapou e acabou por bater com a cabeça no chão. O que vale é que estava a poucos centimetros do chão, e foi mais o susto que outra coisa. O pai vinha tanto ou mais aflito que o filho... lá pusemos gelo, mas aquilo nem deu para fazer galo...

 

Para acalmar o pipoca sentei-o na janela (tem uma pedra bem larga) e ficamos ali no fresquinho e nos mimos e o pai juntou-se ao mimo. Ainda o avisei: " Marido, se não nos pomos a pau, breve temos aqui a segurança social!!"

 

O pipoca passou o resto da noite com a mão no ar, a exibir o seu belo penso azul com patos, e apenas a usava para bater no pai... ah! e a dizer "Adinho a B.....tem dódói..." (Tadinho do B.... tem dó dói....)!

 

Esta do tadinho ficou, porque hoje de manhã eu demorei mais uns segundos a despertar e ele começou logo a choramingar, quando me levantei disse-lhe "Credo filho, a mãe já se levantou, foi um segundo... é preciso choramingar??" e ele: "Adinho a B..... thia a mãe..." (Tadinho do B.... queira a mãe....)! Ai tanto beijo que ele levou!!!!!

publicado por Antes assim... às 09:11

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags