.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. o amor

. Cá por casa é tudo compli...

. Porque viver é mesmo assi...

. Março

. 2011

. PODIA SER DE UM FILME...

. PRENDINHAS DAS BOAS

. A NOSTALGIA DO NATAL

. A VIDA NÃO É FÁCIL...

. BIRRAS... COISA MAI LINDA...

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Quinta-feira, 9 de Outubro de 2008

DAR MAMA... ATÉ QUANDO???

Este post sai porque acabei de ler um outro post num blog e fiquei a pensar... realmente há por aí muito fundamentalismo! Pior... quem se insurge contra as fundamentalistas de dar mama quando e até quando o bebé quiser acaba, por vezes, por ser tão fundamentalista quanto as outras.

 
Realmente, acho que cada mãe, melhor, cada mulher sabe de si. A relação entre uma mãe e um filho é única e diferente de caso para caso. As mães que mais apregoam os seus rebentos não gostam mais deles que aquelas que reconhecem detestar estar grávidas e cuidar deles. Há formas diferentes de gostar e mostrar que se gosta. Há mesmo as que não gostam... mas isso é outra história. Aqui só quero falar das que gostam, embora o façam das mais variadas formas. Eu sou das que adorou estar grávida, adoro cuidar do meu filho (ao ponto de ser possessiva e achar que, nele, o faço melhor que os outros... reconheço... sou uma vergonha!!) e controlo-me para não parecer demasiado babada… mãe galinha sim, coruja é que não!!
 
Uma mãe que decide amamentar um filho até ter leite e ele querer é tão mãe como uma que decide não o fazer de todo. Tudo bem, é verdade... fica muito bem escrevê-lo, mas reconheço que não o sinto assim. Não quero parecer tão fundamentalista como as outras, mas também não vou dizer que não o sou. É difícil escrever sobre este tema sem se parecer que se é!! Eu amamento o pipoca há 15 meses e 22 dias! Adoro! Não o faço por obrigação, faço porque gosto e pronto. Realmente há estudos que indicam que o leite materno é melhor, que protege as crianças de doenças, que as torna mais inteligentes... e agora vêm as mães dos meninos e meninas que não mamaram em exclusivo até aos 6 meses (como o meu) e depois até aos 2 anos (idade recomendada e até à qual não me importava de o amamentar) dizer que também têm filhos saudáveis e inteligentes. Pois bem, que seja. Mas se a natureza me muniu deste armazém de leite de borla porque não hei-de eu aproveitar? Se há estudos que dizem ser o melhor para ele, porque não posso acreditar que realmente estou a fazer o melhor para ele?
 
Quando o meu pipoca nasceu não pegou na mama. Eu não tinha nem tenho bicos (e não, com a amamentação não cresceram...). A enfermeira bem tentou, porque eu também queria, mas não pegou. Posto isso, vieram os bicos de silicone. Até hoje. Ao fim de um mês tive que começar a tirar leite com a bomba. Estafei duas!!! Tirava leite às 23, às 4 e 6 h da manhã, ao longo do dia... foram umas semanas lixadas, porque ele chorava que não podia mais para agarrar na mama com a tetina. Depois, um dia, não saiu a quantidade desejada. Pânico. A médica de família acalmou-me, e desdramatizou... se não houver mama há leite da farmácia, fome ele não passa. Esse era o meu medo. Comprei uma lata. Nunca a usei. Quando me saiu de cima a culpa de não conseguir ter leite suficiente as mamas incharam até mais não de leite... até hoje! Nesse seguimento a enfermeira do centro de saúde (e mais algumas daquelas mães que acham que sabem tudo) queria porque queria que deixasse as tetinas. Enervei-me! E decidi, se é com tetinas que ele consegue mamar, vai ser com tetinas que ele vai mamar. Eu é que mandava nas minhas mamas, certo? E a trabalheira que dá não poder sacar só da mama e dar... é a caixa das tetinas para todo o lado, uma fralda porque o leite pinga, lavar as tetinas, perder as tetinas, o menino apaixonar-se por elas de tal forma que as minhas mamas passaram a chamar-se tetinas e, muitas vezes, em vez de um urso, como os outros meninos, andar de tetina na mão!!! Paciência! Somos felizes assim e eu sinto-me satisfeita e realizada enquanto mãe e mulher. Não vejo que tenha prejudicado a minha relação com o marido por causa disso... embora ele reclame por posse exclusiva das minhas mamas... mas mais em brincadeira que outra coisa! Não são assim tão boas!!
 
Reconheço que quando me vi com pouco leite e a querer tanto amamentar pensei "Que raio de mães são aqueles que a médica me está a dizer que cá vieram porque não queriam amamentar... ". Bom, é uma opção que aprendi a respeitar. E não, não vou dizer como a sogra "Respeito, mas não aceito!". Mas não me recriminem pela minha opção. Não me olhem como se fosse doida. Não me perguntem se vale a pena o sacrifício. Sacrifício é não poder ser feliz por causa da insanidade dos outros. Sim, durmo mal há 15 meses e sim, tenho olheiras e mau humor (mas não é só por isso... o mau humor nem vem daí!). Sim, sou das que precisam de 8 h de sono seguido... quer dizer, pelos vistos sobrevivo com 5 ou 6h, e não são seguidas!!!
 
Ui.... isto era tema para tanta escrita... ficará de certo para posts futuros. Mas já agora, estou muito orgulhosa de mim mesma por ainda amamentar o meu filho. Fiquei meio decepcionada com a médica de família quando me disse "Ainda amamenta? Então só até aos 15 meses, depois vamos pensar no desmame". Coitada! Não me conhece!! Gostei da posição do pediatra "Ainda amamenta? Então olhe,   para decidir se quer continuar pense só que o bebé precisa mais da mãe que da mama... você é que vai ver e sentir se quer parar. Olhe o cansaço!". Gostei e disse-lho na cara. É que... cof cof... sou eu que mando!! Ao menos nisso! (Quem me conhece sabe que quero mandar em tudo... mas pronto, isso são outras reflexões...).
 
sinto-me:
publicado por Antes assim... às 16:34

link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De JohnnyMary a 9 de Outubro de 2008 às 18:01
Eu cá pertenço ao teu clube :)
Também fui criticada por dar de mamar ao João até aos 2 anos, 2 meses e mais uns dias! O que é que têm a ver com isso??? Que eu saiba as mamas são minhas e o filho também é meu! E sim, também dei esse tempo todo porque me dava prazer e nunca por obrigação!
Entretanto acabei com a mama, mas foi porque eu assim decidi e não porque fosse atrás das mais diversas opiniões de terceiros!
Ao contrário do que esperava, o desmame correu lindamente, o rapaz já nem se lembra e é feliz na mesma :)))), aliás, eu também :)))))
Por isso, esse é um assunto que só a ti te diz respeito!

Beijocas do João Maria e da Catarina

De Antes assim... a 10 de Outubro de 2008 às 09:25
É isso mesmo! E também acho que o desmame do meu piqueno não vai ser muito difícil (a ver vamos...), é que ele não é assim um viciado em mama. Mama e gosta mas não anda atrás de mim a pedinchar. Se eu não lha der durante o dia nem se lembra. À noite é que fica à espera dela para voltar a dormir... O tempo o dirá!
De cunhadinha a 9 de Outubro de 2008 às 21:42
Bem...

Gostei mt do teu post...(é só para saberes!)

Beijinhos
De Antes assim... a 10 de Outubro de 2008 às 09:21
Obrigada cunhadinha!! Daqui a um tempo és tu de mamoca ao léu!!!
De Terradossonhos a 17 de Abril de 2009 às 12:28
Já conheces A Terra dos Sonhos, uma loja onde pode encontrar artigos variados com preços de sonho.
www.terradossonhos.net (http://www.terradossonhos.net/)
De Anónimo a 22 de Abril de 2011 às 13:04
Tb amamento e o meu filho ja tem 19 meses, quero continuar mas ando com uma dor na coluna e preciso de tomar medicamentos, coisa que nao posso fazer enquanto amamentar. A ideia do desmame assusta-me pk ele mama 3 e 4 vezes por noite, tenho consciencis que me vou ver nas horas....

Comentar post

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags