.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. o amor

. Cá por casa é tudo compli...

. Porque viver é mesmo assi...

. Março

. 2011

. PODIA SER DE UM FILME...

. PRENDINHAS DAS BOAS

. A NOSTALGIA DO NATAL

. A VIDA NÃO É FÁCIL...

. BIRRAS... COISA MAI LINDA...

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Quarta-feira, 26 de Agosto de 2009

ELE

O meu "mais que tudo na vida" consegue alternar estados de pura meiguice e encanto, e outros de pura traquinice, teimosice e de surdo!! Sim, porque o menino quando quer, não ouve nada e tem um poder de ignorar digno de fazer inveja a qualquer politico do nosso rico pais! Em compensação, gosta de me chamar ininterruptamente e sempre a aumentar de som, quase até ao grito... e de nada valem os meus "Sim" Ou "Diz filho" que os "MÃAAEEE??" continuam a bom som. É o gozo total, e muitas vezes só pára quando já me passou a fase de irritada para a de gozo tambem, e me apanha a sorrir para ele... acabam por ser momentos tão nossos, de tanta cumplicidade que às vezes tenho medo de algum dia isso já não vir a existir...

 

Fala pelos cotovelos, mas admito que quanto mais fala, às vezes, menos se percebe, e em muita coisa apenas eu ou a avó conseguimos entender. Mas diz coisas amorosas, elogia-me por iniciativa própria e derrete-me todinha... surpreende-me com palavras novas, que nem percebo quando as aprendeu. No outro dia reconheceu o "ómanhanha"  (homem aranha) numa mochila, coisa que me divertiu pela expressão de surpresa e felicidade dele... e minha, que não é figura de que se fale lá por casa... ou não era. Ontem matei uma mosca na mesinha de madeira da sala. Como estávamos a ver televisão, disse-lhe que no intervalo a levava para o lixo. Mas ele, intrigado, andava de volta da mosca, olhava para ela bem de perto, ria-se, e quase lhe tocava. Enojada com aquilo, fui buscar um papel e, sem ele ter percebido, levei aquilo para o lixo. De repente, diz-me ele muito admirado "Mãe? A nhota zapaxeu!". O que me enchi de baba ao ouvi-lo dizer desapareceu... claro que pedi para repetir a ver se tinha ouvido bem, mas ele limitou-se a gozar comigo. Sim, eu sei, são lamechices, e o rapaz está só a aprender a falar. Mas o que é que querem?? O pai então adora ouvi-lo dizer "Mamúthu" (Mamute) e está sempre a pedir-lhe para repetir...

 

O meu pipoca enerva-se plenamente é quando as pessoas se metem com ele logo de manhã, e confesso que eu tambem. Costumamos encontrar quase sempre as mesmas pessoas a tomar café aquela hora. Pois todas sabem que a essa hora ele não é propriamente sociável, vem com o resto do sono e muito mimo da mãe, todas sabem que não gosta de beijos e muito menos que lhe toquem, mas insistem... e insistem... e às vezes até me ferve o sangue, porque depois ele grita e ainda o chamam de mal humorado, dizem que tem esparvão e que é mimado. Pode ser que me engane, mas dentro em breve estou aqui a contar uma resposta minha a alguem. Hoje esteve mesmo a sair, mas a minha mãe percebeu que eu ia abrir a boca e falou primeiro a desculpá-lo, que tinha mau acordar. Impliquem com a minha cria amanhã que eu mostro-lhes quem tem o esparvão!

 

Bom... voltando às partes melosas, o meu menino continua um beijoqueiro nato. Pede-me tambem muito colinho, e durante a noite agarra a minha cara com as duas mãozitas, não vá eu escapar-me!!

 

Anda um ecologista nato e reciclagem é com ele. Não há vidro, plástico ou papel que lhe escape. O problema é que até nos restaurantes o meu rico filho o faz, e é vê-lo a tentar que despejem as garrafas o mais rápido possivel, para que ele as possa levar ao servente, e mandá-lo levá-las para o vidrão, claro!! A conversa é sempre a mesma, "O B. põe a tháfa á idhão. Pum... B. a thutho..." (O B. põe a garrafa no vidrão. Pum... O B. assusta-se...", mas não há susto que o demova. E é ver a festa que ele faz sempre que encontra um ecoponto, até quando vai no carro e me diz "Mãe, olha, a lixo!"

 

Giro tambem é ver como percebe a diferença entre "thouge" (hoje) e "Manhã" (amanhã). E como começa a diferenciar o masculino do feminino. Adora dizer "O B. é nhú... mãe é nhua!". Começa quando vamos tomar banho, coisa que ele adora que façamos juntos e me pede tanta vez.... depois continua divertido com o "nhú" e a "nhua"... às vezes, troca de propósito à espera de uma reacção minha, depois eu finjo ficar muito indignada com o erro, e ele ri que nem um doido... tão bom!!

 

A canção nova que aprendeu:

"Athátho pinthá... em pinthou?... a velha athi paxou... a thempe a ei... pux athátho à oueia à mãe"

 

E outra que já sabia:

"Athei a páu à thátho... à thátho atheu... a xica a thutho a bé à thátho dheu... NHÁUUUUU"

 

Só é pena que volta e meia tanta teimosia dê em ralhete, castigo ou uma palmada na mão... no fim é uma troca de "pupas" entre nós os dois, mas ele depressa se esquece do que promete... ai ai...

tags:
publicado por Antes assim... às 16:41

link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De energia-a-mais a 26 de Agosto de 2009 às 23:15
Que post delicioso! o pipoca é um amor e vai ser um rapagão muito senhor de si, lol!
Cada etapa tem os seus encantos mas não haja dúvida (eu que já passei por algumas com o mais velhinho) que esta de nos mostrarem como se fazem entender é o máximo - o Quico agora anda na expressão «impotante» e na frase »xou um homem» também gosta de dizer «kero ser polííixia!»
Beijocas grandes
De Antes assim... a 27 de Agosto de 2009 às 09:34
Gosto muito do impotante "... é giro vê-los a usar essas expressões . E se temos poliiixia , com a energia dela, os mauzões que se cuidem, eh eh eh... é uma delicia o teu Quico!!
Beijinhos
De O Gato a 27 de Agosto de 2009 às 15:32
Não sei se é o reguila ou a mãe com mais mimo, bem até dá para escorregar na baba, mas todos os pais são assim eu também com a minha princesa o sou e ela já tem 12 anos.

BJ
De Antes assim... a 27 de Agosto de 2009 às 16:22
Poisss .... isto devia ter um sinal de perigo, piso escorregadio por excesso de baba não é?? Compreendo e dou-lhe razão, eh eh eh! Mas pelos vistos é mal geral, se para si já lá vão 12 anos e continua... mas é muito bom sinal, não é??
Beijinho

Comentar post

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags