Lilypie Fourth Birthday tickers

.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. Porque viver é mesmo assi...

. PUFFF!

. SÓ MAIS UMA COISINHA...

. POR CÁ...

. OBRIGADINHA MARIDÃO!!

. DE VOLTA

. FIM DE SEMANA

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Free Blog Counter

Sexta-feira, 22 de Julho de 2011

Porque viver é mesmo assim, custa mas sabe bem!

Agradeço tanto o carinho virtual que recebi... quem diria que também sabe tão bem?? Tenho pena de ter estado tanto tempo afastada deste lugar, onde tudo o que me vai na alma, por mais ridículo que seja ou pareça, me pode sair...

Dizem que depois da tempestade vem a bonança. Eis que por aqui passou uma valente tempestade, que causou muitos danos e que deixou as coisas completamente de rastos. Depois a coisa amenizou. Digamos que os ventos pararam e o sol começou a espreitar lá ao fundo.

Hoje em dia o pipoca é o meu arco íris, e vivemos dias primaveris, com alguma nuvens escuras lá ao fundo que só eu vejo, porque sei que por lá pairam... pode ser que nunca venham a dar em chuva da grossa, pode ser que um dia desabem em cima da nossa cabeça.

Já não somos dois, somos três. Engraçado que o facto de termos sido dois, e digo-o agora à distância, teve os seus bons momentos. Mas isto sou eu, que tento sempre ver o lado bom da coisa...

Vivo um dia de cada vez, como toda a gente. Mas sinto-o dessa forma, a tentar aproveitar cada dia e a fazer com que nesse dia não fique nada por fazer ou dizer que realmente deveria ter sido feito ou dito. Nem sempre é tudo a 100%, mas a perfeição total não existe. No amor há bons e maus momentos, e eu continuo a lutar pelos bons momentos. Devo admitir que a luta está a correr bem, a ver se continua assim, sim??

tags:
publicado por Antes assim... às 23:48

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Agosto de 2010

PUFFF!

Magia! Nada de ficar o blog aqui neste registo negativo, que a vida é curta demais, e tem coisas deliciosas que devem ser sobrevalorizadas!

 

Em primeiro, o filhote e o marido. Lindos, amorosos... teimosos e birrentos! Arranjei cá uma dupla! Às tantas sou parecida com eles e nem tinha dado por nada...

 

O meu avô foi hoje ao médico... pensamentos positivos!

 

O carro do marido tem feito sucesso. Agora a vantagem de se ter um carro giro e que parece que custa o triplo do que realmente custa é mesmo só essa... não ter custado o triplo!! As desvantagens, Senhor, são horrendas. Fico nervosa quando entro nele. Tenho vergonha, sinto borboletas no estômago. As pessoas viram a cabeça e ficam a olhar... e eu percebo finalmente a minha figura perante a passagem de carros que acho lindos... E depois há a questão de acharem que o carro nos custou a "vida"!! As más línguas aguçam-se e os comentários passam-nos pelos ouvidos. Mas garanto, não devemos nada a ninguém, e como uma senhora disse ao marido "Acho muito bem rapaz, que eu levanto-me e já estás no escritório, janto e ainda aí estás e quando me vou deitar já lá estás outra vez!". Ou seja, o homem trabalha sim? Podem até rejubilar pela sua possível falta de tempo para desfrutar da máquina...

 

Agora para os invejosos: no dia em que o marido foi buscar o carro, levou-me a dar uma voltinha e ainda me presenteou com umas lindas sandálias! Mais, não há melhor máquina de fazer lindos canudos num cabelo encaracolado e comprido do que aquele carro com a janela aberta... e de me vir a causar um ataque cardíaco também, se ousar dar 250 km/h comigo lá dentro outra vez!!

 

 

tags:
publicado por Antes assim... às 14:39

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Junho de 2010

SÓ MAIS UMA COISINHA...

Eu a dizer bem do mini rosa e ele perde-me três vezes seguidas o post???

 

Mau! Ou ele ou a net estão a gozar comigo, não?

 

O pipoca disse logo que lhe falta um "pirafujo"! E eu concordo... Só pode!! 

tags:
publicado por Antes assim... às 23:21

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Março de 2010

POR CÁ...

Eu sei que todos o dizem, mas é verdade verdadinha!! O tempo passa a correr, e eu não tenho tido muito para vir aqui, com grande pena minha! Ai marido, que serias o mai lindo do mundo se me desses o computador pequenino pelos anos...

 

Ando aqui a ansiar pela primavera, eu, a que prefere o Inverno. Mas pronto, estou farta de chuva e adoro a alegria do meu filho quando sai de casa e diz "Hoje tá um dia de sólinho mãe!", e pode correr e pular á vontade, e andar de baloiço, e essas coisas todas. Além disso, a minha mãe tem a colecção de roupa nova a pedir para ser comprada, e há pecinhas que me olham com um ar... pena serem tão fresquinhas! Lá por casa dei a volta ao guarda roupa, e ganhei um monte de roupa nova que não me servia há anos, mas que são peças que ainda dão para usar, ou que me ficam muito melhor agora!! A minha mãe ganhou também cinco pares de calças para apertar (a sorte que é, ter uma mãe costureira, que faz autênticos milagres!!).

 

Após quatro semanas constipada a sério, consegui andar umas duas bem, e agora estou outra vez lenço-dependente. O pior foi que peguei o mal ao pipoca e as duas ultimas noites não foram fáceis. Há ranhoca que sai para todo o lado quando ri ou espirra, outra que o agonia quando tosse, outra que não o deixa respirar... raios pá!!

 

O marido está bem e recomenda-se. Não, não passou a ser uma pessoa calminha... mas felizmente os anos não passam só para mim, e ele também amadurece!! Agora resolveu deixar de ir trabalhar á noite, e o resultado pareceu-me bastante produtivo: na segunda cinema a dois, e depois duas noites seguidas a ir dormir mais cedo, com direito a brincadeiras a três na nossa cama!!

tags:
publicado por Antes assim... às 11:58

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Novembro de 2009

OBRIGADINHA MARIDÃO!!

No ano passado torceu o nariz. "Mais uma dieta?? E onde é?? Em Lisboa?? E isso resulta, e vais cumprir?". Acabei por ir à primeira consulta como acompanhante e não fiz nada porque ainda amamentava.

 

Em Agosto deste ano marquei consulta para Setembro. Chegados a uma semana da consulta avisei-o de que ia a uma médica para fazer uma dieta. Fui... e só no fim é que ele soube que até nem era no mesmo lugar do ano passado, e era um bocadito ainda mais longe!!

 

Tenho-me portado bem. Ele não tem comentado. No outro dia eu penteava-me no espelho, já de pijama e ele vem por trás, dá-me um beijo de despedida para ir para o escritório e volta atrás e diz "Ah!! Aquelas calças que tinhas hoje ficam-te bem no rabo. Tá mais pequeno!". Hummm... ao fim de tanto tempo, o elogio não foi mauzito!!

 

Há duas semanas comecei a vestir camisas (ou blusas, que é mais feminino!!), ele adora, eu tinha algumas mas faltava um palmo para as abotoar. Disse-me que finalmente começava a andar bem vestida...

 

A semana passada chega a casa com um saco de roupa para ele, meia hora atrasado para o jantar e a primeira coisa que diz é "Antes de começares a ralhar, é só para saberes que fui à loja da tua mãe comprar roupa! Ah, e deixei lá uma espécie de cheque prenda, que foi mesmo em dinheiro, de 200.00€ para comprares roupa para ti! Vê lá se não escolhes muito caro que assim trazes mais... e pede um bom desconto!"

 

Sabes marido? Agora eram umas botas pretas e umas castanhas sim??

 

Amo-te, e tu sabes disso... e não, não é só por este tipo de coisas. É muito mais pelo resto. Mas que isto sabe bem, lá isso sabe!!

tags:
publicado por Antes assim... às 17:25

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Terça-feira, 27 de Outubro de 2009

DE VOLTA

Nesta altura do mês o trabalho aperta, e o tempo escasseia, e as saudades aumentam, e o medo de me esquecer de certas (des)graças do pipoca também é considerável, que a cabeça já não vai para nova!

 

O fim de semana passou-se bem, no sábado eu e o pipoca juntamo-nos aos meus pais, ao meu mano, avô e ao meu compadre à festa da apanha da azeitona. E que festa!! Eu estava responsável por fazer uma bela duma caldeirada para todos, mas um abençoado amigo apareceu e informou que ia fazer almoço para os homens. O pipoca adorou a apanha da azeitona, e feliz com a estreia dos seus botins azuis dados pela avó, caiu umas quantas vezes, apanhou caracóis grandes e ranhosos, bebeu sumo, comeu pão com queijo e ao fim de uma hora e meia disse-me "Mãe o B. tá thisthe, thé i emboia!". Ok filho, o menino manda. Entretanto ainda tive o prazer de encontrar um sapo gordo e nojento... A azeitona acabou por ficar toda apanhada da parte da manhã (eram pouquinhas oliveiras, e na outra fazenda as oliveiras não tinham azeitona...), o que foi uma noticia maravilhosa!!

 

No domingo o marido andou na bricolage, pintou a mesa do alpendre, o tampo em pau tratado do poço, cortou a relva e foi um menino muito lindo. À noite fomos jantar em casa da minha mãe... e fim de semana passado num instante.

 

Hoje uma colega de trabalho faz anos e demos-lhe uma massagem aromática, que esperamos que lhe massage corpo e mente!!!

 

Lamentavelmente, fica marcado como um dia muito triste. A minha querida amiga P., também colega aqui do trabalho, tirou três dias desta semana para ir apanhar azeitona. Hoje de manhã veio cá ao trabalho para entregarmos a prenda à outra colega. Estava com um ar abatido e cansado, pudera... à hora do almoço recebo o telefonema dela, na apanha da azeitona o ramo da oliveira onde estava o marido partiu-se e ele caiu mesmo em cima dela. Quando chegaram a casa, mesmo em frente ao terreno onde apanhavam a azeitona, encontram-na assaltada. Raios pá, casados há 6 meses, uma casa linda e há gente tão estúpida que não sabe fazer pela vida, pelo contrário, só pensa em desfazer vidas. Partiram-lhe a janela do quarto, partiram-lhe um plasma, revolveram a casa toda, ficou tudo desarrumado e pior ainda, levaram a aliança do marido. Que treta pá, fiquei triste, preocupada e revoltada ao mesmo tempo. Ela a ter de ir para o hospital, ele a ficar ali naquela casa de pernas para o ar... enfim,  pedi ao marido que fosse até lá, e pelo menos a minha querida amiga já está em casa, ficou só magoada, e numa tentativa de minimizar um bocadinho a situação por que estão a passar, eu e o marido pedimos à moça que quinzenalmente vai lá a casa (e por coincidência estava lá hoje) para deixar a nossa casa e ir tentar dar um jeito à deles. Sinceramente, espero mesmo que as suspeitas sobre a autoria desta estupidez se confirmem e que lhe façam mais do que mandá-lo para casa!!!

tags:
publicado por Antes assim... às 16:43

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

FIM DE SEMANA

Num dos comentários de apoio que recebi... e desde já agradeço a todas as amigas virtuais, que tem sido incansáveis nos conselhos e nas palavras amigas de apoio e compreensão... mas estava a dizer, num deles a amiga do blog eu e os meus mandava-me literalmente "atirar" ao meu homem!!! Confesso que assim que acabei o comentário me deu vontade de o fazer... até porque estávamos tão afastados um do outro e eu tinha saudades dele, claro, se não não sofria assim!! Mas embora receba tantos concelhos nesse sentido, de lutar por ele, de me aproximar, de esquecer, de ignorar, o que é certo é que na hora H me vinham à ideia as coisas que ele disse ou fez e me magoaram e acabava sempre por me reprimir.... Ora eu também sei que ao afastar-me e ao deixar de lhe dar atenção ele acaba por fazer o mesmo. Pronto, aí eu admito a minha culpa. Não conseguia fingir que estava tudo bem, ignorar, dar mimos e carinhos... simplesmente não conseguia. Depois parei. Senti que mais uma vez teria que passar por cima disso. Tentar ficar bem, nem que fosse apenas por uma semana, até que ele volte a fazer algo que me magoe. Assim, a minha vontade de estar bem com ele, as saudades do meu marido e de um ambiente familiar minimamente agradável, mais uma vez, fizeram com que tentasse aproximar-me, mostrar-lhe que eu continuo aqui para ele, para a nossa família. Só lamento é o facto de estar constantemente a fazê-lo e a dizer que é só mais uma vez....e de nesse curto espaço de tempo que conseguimos estar bem eu andar sempre a fazer a contagem decrescente para o dia em que nos vamos chatear. Eu sei que não é só ele o culpado. Sei que me devia importar muito menos com certas coisas. Sei que devia ignorar e esquecer. Sei reconhecer aonde estou a errar mas não sei como não continuar a errar...

 

Assim, em mais uma das minhas tentativas, aproximei-me do marido!! Demorou até que ele percebesse que eu só quero ficar bem com ele e que para isso ele não pode continuar a brutar por tudo e por nada ,e a responder mal, e a implicar... Na sexta propus-lhe irmos ao Oceanário para comemorar o dia dos namorados... primeiro disse que já não éramos namorados... depois perguntou se tinha mesmo que ser no sábado, porque era dia de trabalho, podíamos ir no Domingo... pronto, pelo menos tentei. No sábado à tarde fui a Lisboa com a minha mãe e a minha tia ver uma colecção. Já não ia com elas há imenso tempo... pelo menos desde que estava grávida. Foi divertido, apesar do pipoca não se ter portado muito bem!! O malandro só queria mexer em tudo e fazer o que não devia. Mas divertiu-se, e eu também. À noite o marido perguntou se eu queria ir jantar fora, mas aquela hora avisei-o que não ia conseguir restaurante nenhum... tentou, mas não havia lugar, lógico!!! Assim, comeu o belo do empadão de frango que eu tinha feito, e que realmente estava muito bom! Acabou por me surpreender com uma prenda... uns sapatos da foreva bem giros. No entanto, comprou o n.º 38, que eu deixei de calçar há 1 ano (já é o quarto par de sapatos que me compra com o numero errado e depois temos que trocar)!! No Domingo perguntou-me se sempre queria ir ao Oceanário, ou se íamos trocar os sapatos... pois pois... enfim, como tinha a festa de anos do meu afilhado às 18.30H disse que podíamos ir trocar os sapatos... Acabei por trazer outros, muito lindos... e comprei-lhe um creme para a cara... como prenda do dia dos namorados. À noite ainda me pedinchou uma carteira nova, porque o creme foi mais barato que os sapatos... Mas como estamos bem, tudo em jeito de compreensão e brincadeira!! O que é certo é que hoje o marido acordou muito bem disposto, e as primeiras palavras que disse quando me viu foram carinhosas... não queria nada dizer isto, mas vai ter que ser: vamos ver até quando!!

tags:
publicado por Antes assim... às 10:40

link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags