Lilypie Fourth Birthday tickers

.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. FIM DE SEMANA!

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Free Blog Counter

Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2009

FIM DE SEMANA!

O fim de semana trouxe o frio, e eu resmungo porque tenho as mãos geladas e mal sinto o que estou a tocar, mas estava desejosa disto. Chamem-me maluca, mas é que me dá um gostinho especial entrar no carro e ver a informação de "3º g - piso escorregadio - gelo" no computador de bordo do carro. E isto não é nenhum sentimento mórbido, que eu bem sei o quanto é perigoso, mas é sinal de "fumo" a sair da boca ao respirar, de luvas (que deixei em casa) e cachecóis, de narizes vermelhos, de saber bem entrar no quentinho da casa... e de lá ficar a gozar o lume da lareira!! E queixas... muitas queixas de que faz muito frio, mas que dantes é que era, quando as poças de água e a água dos tanques ou das mangueiras congelavam!

 

No Sábado fui visitar a minha avó, que com quase 80 anos está a ter uma boa recuperação dos 3 bypass efectuados na quinta feira passada. Custou-me vê-la naquela situação, os bips das máquinas, o estar ligada ao ventilador, o corte no pescoço de onde saem tubos e mais tubos... e principalmente o vê-la chorar porque tinha dores, mas mais ainda porque não queria estar ali. Nem nós, vó, te queríamos aí! Dei-lhe as beijocas enviadas pelo pipoca e a ordem de comer bem e ficar calminha, para ficar boa e vir passar o Natal connosco lá em casa. O que é certo é que está a reagir melhor do que o esperado, e ontem já passou dos cuidados intermédios para a enfermaria! Agora é esperar que continue assim!!

 

À noite, a convite do marido, fomos os dois jantar fora e ao cinema. A minha mãe ficou lá em casa com o pipoca e foi uma noite muito agradável. Jantamos num restaurante Italiano maravilhoso, depois vimos o filme "Terapia para Casais" e rimos a bom rir, acabamos a noite num restaurante/bar com uma esplanada maravilhosa, que nem o frio impedio o bom ambiente. Conversamos muito, e ficou a promessa de voltarmos a repetir o programa pelo menos uma vez por mês!!

 

No Domingo de manhã fiz os prometidos croquetes ao pipoca. A coisa correu bem, mas o óleo estava quente demais quando os coloquei a fritar e ficaram assim um bocadinho para o escurinho. O aspecto intimidou o pipoca que dizia "Não mãe, o B. não thér ethes... thia o sáu!!" Achava ele que o pão ralado torradinho eram pedrinhas de sal, ou sei lá?? Mas pronto, partidos ao meio lá o convenci! À tarde, durante a sesta dele, eu e o marido andamos a jardinar, ele cortou a relva enquanto eu arrumava alguma coisa dentro de casa, depois fui varrer os passeios à volta da casa, dar uma arrumadela às tralhas que, sabe-se lá como, se vão acumulando no alpendre, e no fim estivemos a passar para os vasos de pau tratado a oliveira e laranjeira anãs que compramos. O alpendre ficou um primor e já estou ansiosa por ver as ditas a crescer e para andar ali a podá-las, que nem bonsais, a ver se ficam lindinhas!!! Ainda falta um vaso para mais uma laranjeira, e depois a coisa fica composta! Com o frio a apertar, acabamos o resto da tarde a preguiçar no sofá e a brincar com o pipoca. A mim, veio-me uma dor inexplicável no braço esquerdo, que nem com os safanões e os "moches" do pipoca se refez. Além disso, apertou-me uma crise valente de tonturas que parecia que estava bêbeda do copo de rosé e de baileys do dia anterior. Já perto da meia noite é que a minha cabeça começou a ir ao lugar. O meu filho, sempre solidário, ao meu desabafo de "Ai meu Deus... tou a ficar velha!", quando não o consegui pegar ao colo para ir fazer xi xi, respondeu "É mãe? Eu thou véio amein...". E passou a noite a dar-me beijinhos com uns "Pontho mãe, pontho...(festinhas na cara) já paxou... thás mió? Já táx bouua? Eu tou maix  ou menhos...". Mas nem o mais ou menos dele lhe tirou a energia, ao rubro quando nos apanha os dois em casa, e ontem ainda por cima deu-lhe para gritar... mas depois as "pupas" eram tão deliciosas, que nos tiravam vontade de continuar a ralhar. E ainda nos presenteou com uma sessão de dança que me levou a chorar de tanto rir. Ele às tantas em vez de me pedir para rir, quando eu não estava a olhar, já me pedia "Ó mãe thólha!!" (Ó mãe chora).

 

E hoje é segunda feira, as mãos já aqueceram, as tonturas parece que estão a voltar, os pés estão gelados e espero que logo a minha mãe traga boas noticias da minha avó!!

publicado por Antes assim... às 10:33

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags