Lilypie Fourth Birthday tickers

.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. o amor

. Cá por casa é tudo compli...

. Porque viver é mesmo assi...

. Março

. 2011

. PODIA SER DE UM FILME...

. PRENDINHAS DAS BOAS

. A NOSTALGIA DO NATAL

. A VIDA NÃO É FÁCIL...

. BIRRAS... COISA MAI LINDA...

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Free Blog Counter

Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

BOI???

Hoje de manhã saí de casa e estava a chover... para tirar a minha carrinha tenho que fazer uma leve razia à do marido que fica sempre atrás da minha. Com os vidros cheios de gotas de água e o espelho também digo:

 

"Ai filho... a mãe "não vê um boi"!"

 

Ao que o meu filhote responde, para me ajudar, claro!:

 

" Boooi?? A tás?? An cá!!" (Boooi? Aonde estás?? Anda cá!!)

 

 

publicado por Antes assim... às 09:17

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Quarta-feira, 29 de Abril de 2009

MELGAS

Lá por casa reinam... muitas... durante todo o ano!! Infelizmente a máquina tem estado ligada pouco tempo e o pipoca, de manhã, acaba por aparecer com mordidelas. Agora iniciei a caça intensiva às meninas melgas. A maquina fica ligada o dia inteiro no quarto dele. À noite faço uma vistoria a todos os cantos do quarto e volta e meia lá sai uma almofada disparada contra uma melga meio enjojada com o produto!!! Pelo meio, e inconscientemente, lá vou refilando "Raios... malvadas melgas... mas estava aqui uma!! Aonde é que se meteu a melga?? #@*#/+..." O pipoca observa tudo muito atento! E eu lá vou explicando que as melgas são más, que fazem dói dóis ao menino!

 

Agora à noite, ele entra no quarto, levanta a cabecita para o tecto e começa: "Méé?? A tais?? Méé?? MÁ!!!" (Melga?? Onde estás?? Melga?? És má!!)!

 

Quando está no gozo comigo, faz-se amigo das traidoras e diz: "Méé?? Ouá!!" (Melga?? Olá!!)... eu pergunto-lhe se afinal é amigo delas e ele com um ar de malandro e cheio de sorrisinhos diz: "É!"

 

 

tags:
publicado por Antes assim... às 17:28

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Terça-feira, 28 de Abril de 2009

PRÉMIO VII

Na minha ausencia recebi mais um miminho oferecido pela  amiga Maria do http://www.era1xeu.blogspot.com/ que nem mesmo assim se esqueceu de mim!!

 



E as regras são:

1. Colocar o selinho no blog;
2. Escoher 10 blogs que demonstrem grande atitude ou pelos quais tem grande gratidão;
3. Certificar-se de que publicou os links de nomeados no seu post;
4. Informa-los de que receberam este prémio, comentando nos seus blogs;
5. Partilhar o cartinho, publicando o link deste post e da pessoa de quem você recebeu esse prémio;
 
Os contemplados são... pronto... não consigo eleger. Sinceramente é me muito dificil eleger o coolest blog da minha lista de blogs... é que gosto mesmo muito de todos! Por isso, a quem está ali ao lado e passa por aqui, fáxavô de levar, sim?? Eu depois vou lá ver se levaram ãnh???  

publicado por Antes assim... às 16:24

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

DELE...

Já quase que aguenta a mesma fralda-cueca o dia inteiro... quando está com a avó. Quando está comigo, mesmo que eu o lembre, nunca me pede para ir ao bacio. Com a avó, funciona muito bem, e admito que a minha mãe está muito mais em cima do acontecimento que eu!

 

Mas é engraçado que já percebe quando lhe chega a vontade de fazer xi-xi:

 

Ele - Vó vó!!! Ix xis!! (Avó, xi xi)

Avó - Ai filho...

Ele - À bio!! (O bacio)

Avó - A avó vai buscar... espera um cadinho!

Ele - Péa piua... péa!!! (espera pila, espera)

publicado por Antes assim... às 16:08

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|

VOLTEI!

Credo... a falta que me faz vir aqui. Acaba por ser um vicio... saber as novidades dos que já considero amigos, e poder escrever... sim, escrever muito, que eu adoro!

 

Sendo assim, convém dizer que a minha querida amiga P. lá casou no passado dia 25 de Abril, que estava linda, e que espero que seja muito, mas mesmo muito feliz (e vai ser, que eu sei!!). Assim, a amiga P. esteve de férias e agora está de licença de casamento. Como a outra colega de trabalho está gravidissima, anda a transferir-me algum do seu trabalho que depois, durante a licença de maternidade, irei assegurar. Junto com o meu rico trabalhinho, que por coincidência também aumentou nestes últimos dias, as coisas aceleraram um bocadito por aqui, deixando-me menos tempo livre. No entanto, acaba por ser bom. Muito trabalho motiva, e no fim deixa-nos a sensação de dever cumprido... já para não falar que o tempo passa muito mais rápido!

 

A semana passada o marido fez anos. Pediu-me para tirar o dia de férias... o chefe e a colega V. foram uns queridos e asseguraram o dia de trabalho sozinhos... o marido queria ir à praia, porque o meu pipoca passa a vida a dizer que quer ir "à paia". Por escolha minha, fomos até Sintra e foi um dia muito bem passado. Almoçamos na praia das maçãs, uma entrada de sapateira e depois uma grelhada de peixe mista maravilhosa! No fim fomos até à areia e o pipoca fez as maravilhas dele... fingia que caía e atirava-se de propósito para a areia, comeu alguma, jogamos à bola, e divertimo-nos muito. Na vinda para casa, paramos na Ericeira, onde o pipoca e o marido dormiram uma sesta... eu fiquei mesmo a ver o mar e as gaivotas!!

 

À noite jantamos lá em casa, com os meus pais, tios, mano e cunhadinha. Uns belos filetes de pescada em cama de alho francês, regados com natas. Acompanhou com puré de batata. Como o marido adora, fiz-lhe esse miminho!

 

O meu pipoca anda terrible!! Teimoso como tudo... o que já lhe valeu uma palmada na mão e alguns gritos! O pior é que depois ele fica tão sentido... e eu de coração apertado, porque ele chora, começa logo "Mãe, à beije... pu... à beije", enquanto se agarra a mim. Detesto ter de lhe ralhar. Mas às vezes tem mesmo de ser.

 

Em compensação, é um menino terno, que me enche de beijos, cada um mais repuxado que o outro. Se me magoo vem logo muito aflito "À dó dói mãe... à beije!" e no fim de me dar um beijinho diz logo "Já pathou..." (Já passou...)! Volta e meia aconchega-se a mim e diz com voz melosa "À bebé.... à bebé à mãe...", porque quando o mimo lhe digo "Ó meu bebé... és o bebé da mãe!"... simplesmente me derrete toda... assim como a quem assiste a estes momentos de pura ternura. De resto, está um rapazinho espevitado, que de um dia para o outro começou a fazer frases completas, a ter grandes conversas com a avó e a ter noção de que pode dizer coisas engraçadas para nos fazer rir. Identifica letras do nome, cores e números, apesar de contar de forma trapalhona e achar que tudo é "iáz" (lilás) que é a cor preferida dele. Ah, diz que vai fazer "doux" anos e já sabe dizer o nome completo, mas se lho pergunto e ele não lhe apetece dizer começa a dizer que se chama "Nhunho" (Nuno)...

 

Gosta muito de fazer perguntas, e consegue passar um dia inteirinho a chamar pela mãe. E mesmo que eu responda, ele continua "Mãeee???"!! O pai diz que ele é menino da mamã... eu concordo, e adoro que assim seja!!

 

publicado por Antes assim... às 11:36

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Quinta-feira, 23 de Abril de 2009

A 100 À HORA

Só para dizer que estou com muito trabalho... muito mesmo!!

 

Sim, é bom... mas também não precisava de ser tudo ao mesmo tempo!!

 

As novidades ficam para depois... lá para segunda ou terça... vai ter de ser, com muita pena minha. É que mal tenho tempo de visitar os cantinhos habituais... e quando passo é a correr. Mas eu volto, ó se volto!!!

tags:
publicado por Antes assim... às 17:35

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Terça-feira, 21 de Abril de 2009

POSITIVO

Resolvemos ter um bebé. Admito que com um bocadinho de insistência minha, que me via com 29 anos, com o relógio biológico aos pulos e uma vontade incontrolável de ser mãe!!

 

Foi deveras divertida, a fase da concepção... foi uma das mais divertidas ao nível da nossa vida sexual. Sim, porque não se imagina o numero de dicas para engravidar mais depressa, para se fazer um menino, uma menina... o que nos riamos quando o marido me mandava ficar com as pernas no ar para que saísse um menino... vai na volta e foi isso que ajudou!! Já para não falar na quantidade, porque a meu ver, sem praticar era impossível, não?? A qualidade, essa manteve-se e matem-se, eh eh eh!! Cruuum crum... vamos lá a concentrar!!

 

Primeiro mês, primeiro atraso... mas eu até nunca fui certa... não faz mal, bora lá fazer um teste... negativo, pois claro, e "ai a minha vida, tu queres ver que tenho algum problema??"

Senti uma decepção um bocado estúpida, porque afinal eu bem sabia que era o primeiro mês sem toma de pílula, e que praticamente o organismo não tinha tido tempo de se adaptar à falta do contraceptivo. Mas ridiculamente, estava cheiinha de esperanças. No segundo mês, com o que lia sobre casais com problemas de infertilidade, já andava eu a imaginar como seria se me calhasse a mim... é que nem quero imaginar a angustia por que tantos casais passam... No entanto, como li imenso, aprendi muita coisa acerca do meu próprio corpo, e claro, dos ciclos menstruais e de periodo de fertilidade. Segundo as minhas contas os dias 10, 11 e 12 eram dias magníficos e propensos!!! No dia 10, Domingo, fizemos 1 ano de casados! Os meus pais e tios estavam a passar uns dias de férias no Algarve. Comemoramos com bolo do nosso casamento e champanhe com os meus sogros, cunhada, o meu mano e a cunhadinha. No fim, o marido fez-me uma surpresa e abalamos para o Algarve... fomos lá jantar! Claro que a vontade de vir embora no fim de jantar não era nenhuma, e a patroa foi amiga e deu-me o dia a seguir de férias. O marido acha que foi nessa noite... eu acho que foi no dia 12... o tempo de gravidez provou que foi por entre esses dias!!

 

Segundo atraso... esperar mais uns dias... ao menos uma semana... 5 dias depois e já não aguentava, o marido foi comprar um teste. A Dr.ª da farmácia deu logo os parabéns, parecia que estava a adivinhar!! Combinamos que eu fazia a primeira parte sozinha, lógico, e que depois víamos o resultado em conjunto. O marido estava à minha espera na cama para irmos dormir. Fiz a primeira parte. Juntos ficamos ali na brincandeira do vê ou não vê... e vimos... e lá estava, meio sumido, mas ao mesmo tempo forte, o segundo tracinho... POSITIVO! As lágrimas invadiram-me os olhos, o marido abraçou-me, eu estava felicíssima. Mas depois foi estranho. O marido não ficou histérico como eu pensava que ia ficar. Claro que não. Hoje percebo que naquele momento ficou foi aflito. Afinal, ia ser pai. Estava feliz e assustado e não soube lidar muito bem com os sentimentos, por isso tentou desdramatizar e fazer parecer que era uma coisa normal. Eu ainda me senti um bocadinho... ainda lhe perguntei se afinal não era o que ambos queríamos... não percebi que naquele instante já ele fazia mas era contas à vida, ou não fosse ele tão preocupado com o dinheiro!! Mas depois... bom, depois passou tudo e na manhã seguinte já tinha um pai babado a fazer festas na barriga e a perguntar "Afinal quando é que o sinto aos pontapés??".

 

Resolvemos dar a noticia à família com um jantar lá em casa. Tirei fotocópia da primeira ecografia do pipoca, escrevi "vais ser avô/avó/tio/tia/primo/prima" consoante as pessoas e coloquei num envelope. Antes do jantar reuni-os todos na sala e entreguei-lhes os envelopes. Em primeiro lugar não me esqueço de ter ficado logo de pé atrás quando a minha sogra chegou com um enorme ramo de flores para mim... depois, quando abriu o envelope sai-lhe apenas um "Já sabia!" que disfarçou depois com um "Só podia ser isso, não é?". E ainda hoje acho que o marido quebrou a promessa de não contarmos nada até ao jantar. Não faz mal, mas não caiu nada bem, ficou até assim um constrangimento na sala, enfim, nessa altura tudo me passava meio ao lado. Concentrei-me na minha família e na felicidade que vivemos ali, e foi tão bom!!

 

Ainda hoje o teste está guardado. Contrariamente ao que avisa no papel das instruções, os sinais não desapareceram. Um dia, filho, vou mostrar-to, e vou contar-te como foi tão bom, desde fazer-te a ter-te... como te tenho agora!!

publicado por Antes assim... às 09:28

link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|
Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

A ILHA DAS CORES

 

Passa na RTP 2, muitas mães devem saber do que estou a falar! Antes de ter o pipoca, quando por acaso via este programa num dos meus zapings frequentes, achava-o ridículo. Sim... chegava mesmo a pensar como é que aqueles actores não tinham vergonha de fazer aquelas figuras!!! Mas pronto, reconheço que mudei de ideias. Aliás, isto de ser mãe faz-nos mudar e muito!

 

Avançando. Comecei a perceber que o pipoca gostava deste programa, assim como das séries de desenhos animados que a sucedem, ou seja, gosta de ver o Zig Zag (acho que é isso...). Adora as músicas, as cantadas pelos actores e principalmente as cantadas por crianças. Gosta da cantilena e gosta de repetir as canções sobre números, cores, abecedário ou aeiou! Ah, claro, e o inglês também, mas em pipoquês, percebem??

 

Costuma ver de manhã, enquanto me despacho, e aí adora os desenhos do Milo, um coelhinho, durante a musica dança que se farta.

 Ah, e o Carteiro Paulo também, claro!!!

http://donwloadscompletos.blogs.sapo.pt/2009/02/25/

Quando chegamos a casa, à tarde, volta a ver, agora com mais calma. O que é certo é que desde que começou a interessar-se por este programa que se entretém muito mais tempo sozinho, entre alguns brinquedos, uns passos de dança e um olhar mais atento à televisão quando alguém canta! Eu, da cozinha, vou ouvindo, e o que é certo é que já não é uma nem duas vezes que dou comigo a sorrir ao ouvir algumas canções da minha infância... ontem foi a Loja do Mestre André... hoje O Chapéu tem 3 bicos... tão giro!!

 

Tenho saudades é dos Marretas... como eu gostava que ele os visse!

http://umdiamau.blogs.sapo.pt/43424.html

 

publicado por Antes assim... às 16:29

link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|

CHEIROS

Eu tenho uma relação de amor/ódio com os cheiros. Passo a explicar...

Há cheiros que me fazem viajar no tempo. Por vezes, quando menos espero, em cheiro leva-me muitos anos atrás, fecho os olhos e consigo reviver momentos inesquecíveis. No Inverno, em noites muito frias, quando saio de casa da minha mãe à noite, o cheiro do jardim molhado lembra-me momentos tão intensos da minha adolescência. Há perfumes que me levam a situações em consigo até visualizar a roupa que vestia há mais de 15 anos atrás... há cheiros de amaciador de roupa que me levam à casa da minha mãe, da minha tia, a minha no inicio de casada... Deve ser por isso que muitas vezes dou por mim a inspirar fortemente perante uma comida, uma bebida, um perfume, uma flor, a terra acabada de ser molhada pela chuva, a cal... até o cheiro que fica na roupa depois de se andar de mota (uiii... anos loucos!!).

 

Engraçado é dar comigo a dizer o nome do perfume de quem passa por mim... quem me acompanha e já me conhece, não estranha quando passa um rapaz por mim e eu simplesmente digo ... Ácqua di Gio... ou uma rapariga e ... Tribu, da Benetton!!! E não raras as vezes, quando cumprimento alguém cheiroso não resisto a uma bela inspiradela, e a um elogio!!

 

Talvez por os cheiros me marcarem tanto, ou por ser tão conservadora, não sei, o que é certo é que tenho tendência para me "agarrar" a um perfume e é difícil arranjar substituto. Foi assim com o Eden, que reinou durante 5 anos, ou com o Noa, que ainda anda lá por casa... Quando comecei a falar com o marido, uma das coisas que mais me marcou foi o cheiro... Meu Deus, ele cheirava imensamente bem!! Ácqua di Gio, que ainda hoje é o meu perfume favorito nele! No entanto, outros perfumes que ele foi usando acabaram por ser importantes, porque cheirá-los de novo me levam à nossa primeira passagem de ano juntos... as primeiras férias juntos... os fins de semana no Norte!

 

Lembro-me do cheiro do gel de duche que usei durante a gravidez.... dos meus cabelos cheirarem ao champô e amaciador de chocolate durante a gravidez e enquanto estive na maternidade... do cheiro do meu bebé! Sempre cheirou tão bem... até cerca dos 6 meses, quando o meu filhote bocejava vinha um cheirinho maravilhoso açucarado! Mesmo agora, daquela boquinha vem sempre um cheiro doce! Desde pequenino que usa o perfume da Zippie para menino, eu adoro, e também o uso. Sim, porque se há coisa que eu detesto é que o meu filho cheire a perfumes  de mulher (por isso é que quando vem de casa da avó paterna é imperioso um banho e a roupa toda para lavar, porque vem de lá encharcado em perfume forte). Em consequência, eu própria deixei de usar os meus perfumes! exagerada?? Talvez.... porque se ele ficar com o cheiro do perfume do pai, do tio ou do padrinho eu já não importo, eh eh eh!

 

Depois vem a parte do ódio... e ai a minha vida complica-se porque sofro imenso com certos cheiros! Por exemplo, não consigo suportar os cheiros dos talhos. Lido muito mal com o cheiro do peixe. E o cheiro a muita gente... sabem? Aquele cheiro... durante os anos de universidade, no autocarro, valeu-me o meu cabelo comprido que punha à frente do nariz! Pior é quando não suporto mesmo e tenho que levar  braço à cara, para me cheirar a mim e não desfalecer mesmo ali!!! Durante a gravidez foi difícil lidar com cheiros, e alguns ficaram insuportáveis para sempre: tabaco, 3 perfumes de mulher e um amaciador de roupa. Muitas vezes entrei no refeitório do meu local de trabalho e a custo contive um vómito... o mesmo me acontece com pessoas que cheiram a suor... já me aconteceu ter mesmo que ir embora, por não aguentar mais suster a respiração!!

 

Mas tanta coisa por causa dos cheiros apenas para admitir a minha mania de cheirar o meu filhote. Sim, eu sei, pareço uma leoa a reconhecer a cria! Mas adoro. E muitas vezes lhe peço para me deixar cheirá-lo... só um bocadinho! Mais engraçado é ver que ele também gosta de me cheirar... manias!! Não se explicam e não têm que ser compreendidas por todos...

 

 

tags:
publicado por Antes assim... às 10:23

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

AI A PÁSCOA...

Já veio e já se foi!! As amêndoas deixaram-me uma cárie a reclamar da desmarcação da consulta no dentista... e a balança a avisar que vai custar mais ainda a dieta. Sim! Mais uma vez, mais uma dieta!

 

Meu marido lindo, nem sei que te diga... não paras de falar noutro bebé... de dizer, na brincadeira, que estou grávida... que não vale a pena a dieta, porque vou engordar com a gravidez.... e perguntas muitas vezes ao pipoca "Queres um mano?". Pois marido, nem sei que te diga... Mas gosto da forma como andas calmo comigo e entusiasmado com o teu projecto de trabalho. Acho que eu, mais do que ninguém, sabe o quanto te dedicas a ele... mas já prometeste que quando tiver outro bebé, ficas todas as noites em casa. E andas brincalhão. Com o pipoca e comigo.

 

Quanto a ti, filho querido, que me enches de beijos com a mesma facilidade com que beliscas a cara... ou me dás um estalo a dizer que sou má! Porque queres tanto colo, agora que andas e corres, até escalas cadeiras e mesas, ah, e o fogão?? A mãe adora que faças a bela fita a preferir o colinho de mãe em relação aos outros... que nessas alturas me obrigues a apertar-te, para te proteger dos outros, e que coles a tua bochecha à minha com tamanha força que parece uma só cara. As costas da mãe, essas, é que se queixam ao mesmo tempo que tu te queixas a pedir colo... mas a culpa também é minha, que estou completamente fora de forma...

Conseguiste ver 5 minutos do filme do Faísca, e 2 ou 3 minutos do Ratatui... e a mãe que andava doidinha para ver o Ratatui... O jantar foi em casa da Tia N., e ficamos a ver o filme... quer dizer, a tentar ver o filme, enquanto ias e vinhas do quarto do tio, porque te dávamos um recado qualquer!! De repente o silencio... os adultos entusiasmados, especados a ver o filme, e tu chegas sorrateiro, com um sorriso malandro... paras ao pé de mim, à espera que eu olhe... eu olho e tu "Tcheeeee" apertas a embalagem de limpa vidros e desatas a fugir enquanto ris que nem um doido, com a embalagem numa mão e o esfregão de arame na outra!!!

 

À noite dás-me muitos beijinhos antes de adormecer, e esticas uma mão a seguir à outra para eu te dar beijinhos também! Falas cada vez mais e melhor! Estás lindo, desenvolto e mexido. Não paras um minuto, corres muito, e escalas demais... ontem caíste da cadeira abaixo, mas nem isso te demoveu de continuar a subir para cima das cadeiras e da mesa! E essas birras, meu lindo, não me convencem de que tens apenas uma personalidade forte. É muito mais que isso de certeza. São os dois anos a chegar, a teimosia, a tentativa de impor a tua vontade, o mimo da mãe - que ao pé da mãe é que é tudo muito pior!! Mas que às vezes me dá vontade de rir, ai isso dá, tal não é o teu empenho e teimosia!!

 

O amor é lindo, não é?? Experimentá-lo em todas as suas vertentes é um privilégio!

tags:
publicado por Antes assim... às 15:49

link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags