Lilypie Fourth Birthday tickers

.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. o amor

. Cá por casa é tudo compli...

. Porque viver é mesmo assi...

. Março

. 2011

. PODIA SER DE UM FILME...

. PRENDINHAS DAS BOAS

. A NOSTALGIA DO NATAL

. A VIDA NÃO É FÁCIL...

. BIRRAS... COISA MAI LINDA...

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Free Blog Counter

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2008

CONTINUA O PECADO...

Hoje quando sair vou buscar o meu filhote a casa da minha mãe... o lanche vai ser papas de milho!!! Para o jantar vou assar carne no forno e acompanhar com um magusto de couve portuguesa da horta do meu pai!

 

 

Amanhã, para além das maravilhosas broas que a minha mãe, tia e avó andam a fazer há já uma semana (até vendem para fora, de tão maravilhosas que são... e as encomendas aumentam de ano para ano...) o almoço vai ser frango na brasa - prato especialidade do meu pai!!

 

No domingo... bom, para o almoço não pensei nada ainda, mas o jantar na minha mãe promete!!

 

Como dá para perceber, vai ser um fim de semana em cheio... ou melhor, cheio de comida boa!! Depois vale bem a pena queixar da gordura....

 

Já dá para perceber a quem o meu filhote saiu... gosta de tudo, adora comer em qualidade e quantidade... tem sempre fome!!! Pelo menos tem uma coisa boa, não engorda como a mãe!!

 

 

sinto-me:
publicado por Antes assim... às 16:09

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

O "C"

O C era o meu cão. O cão mais lindo, mais fofo, mais inteligente e meigo que algum dia conheci. Era um Grand Bouvier Suisse lindo... de grande porte... grande demais para o perfil da raça e para a idade!!

 

Tinha o pêlo curto, preto, ponta do rabo branca, focinho e patas com branco e castanho mel... e muito, muito gorducho (o peso dele andaria à roda dos 60kg... ou mais). Até ao momento da sua partida achou sempre que era bebé, por isso o que mais adorava era colinho, mesmo que apenas ficássemos com a cabeça e patas dianteiras ao nosso colo... o resto não cabia!! Adorava rebolar com o meu pai no chão e brincar "às brigas". Não gostava de ficar na corrente gigante que tínhamos, mas era a única forma de durante o dia poder estar em casa e na rua ao mesmo tempo. Na hora de o soltar para vir connosco para casa era a loucura total!! Comia que nem um doido, adorava tudo, iogurtes e fruta inclusive... e bolachas maria... e nós, mesmo não devendo, às vezes não resistíamos!! O C comportava-se lindamente dentro de casa, pedia para ir à rua, sabia ir sozinho, se bem que a maioria das vezes aproveitava para tentar escapar à vinda para casa e correr para onde não devia... Passeá-lo à trela começou por ser engraçado (pouco tempo), complicado, difícil e acabou por ser impossível! A minha mãe ainda foi arrastada por ele duas vezes e esfolou-se toda.... Aos outros causava respeito e medo, pelo tamanho e pelo tom alto com que ladrava. Mas assim que alguém tinha coragem de se aproximar dele era vê-lo a deitar-se de patas para o ar (nem rebolava, porque estava gordíssimo) à espera de festas naquela barriga branquinha!! O banho era uma aventura, e claro que tomava ele e nós.... Era gigante, mas tinha medo do cãozito minúsculo da vizinha, que até o mordia, imagine-se (o outro pensa que é o rei do bairro), mas quando via cães grandes desatava a correr atrás deles que nem um doido. Deixava que os gatos e os passarinhos comessem e bebessem das suas taças, mas se nós aparecíamos ele ladrava-lhes para nos mostrar como era mauzão!!! Tão tontinho!! Era um friorento, que no Inverno tinha o privilégio de dormir na sala em frente à lareira!! Quando estava doentinho (sofria de um problema nos ossos que piorava com o frio) lá ficava tapadinho com a manta, a exigir comidinha à boca!!

 

O C foi lá para casa com dois anos. A minha prima não tinha condições para o manter em Lisboa, e eu já o conhecia, os meus pais tinham passado uns dias de férias com ele, não resistiram ao meu pedido! Não é fácil tratar de um animal, principalmente deste tamanho!! O C era tratado como o 5º membro da família, apesar de não ser fácil levá-lo à rua à meia noite nas noites de Inverno....

 

Quando casei o marido não deixou trazê-lo... acabou por lá meter outro cão, mas isso fica para outro post... o assunto ainda deu brigas e choros. Não veio, ficou com os meus pais e o meu mano, também já estava habituado ao cantinho dele, e era a companhia da minha mãe nas noitadas dela a fazer os tapetes de arraiolos, deitadinho aos seus pés, bem em cima do tapete!! Estava eu grávida de cerca de 6 meses quando o C faleceu. Chorei muito, choro quando me lembro dele, choro quando veja as fotografias, choro agora, e acho que chorarei sempre por aquele olhar meigo e doce! O meu pipoca não teve a oportunidade de o conhecer, e isso também me deixou triste... no baptizado um primo comprou-lhe um peluche com o tamanho real do C, embora castanho e branco, até a posição é igual à do C quando se deitava. O pipoca adora-o... e iria adorar o C, tenho a certeza!!

 

Quem adora animais decerto compreende o amor que todos tínhamos pelo C. Talvez por ser um amor tão grande é que praticamente lá em casa nenhum de nós fala muito dele... ainda dói a saudade. Mas quando falamos, a todos brilham os olhos de emoção!

 

Será para sempre o nosso C!!

 

 

sinto-me: Com eternas saudades!
publicado por Antes assim... às 11:21

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Quinta-feira, 30 de Outubro de 2008

ESCLARECIMENTO

Só para que conste, a mim não me incomoda nada a hora a que o marido se levanta, mesmo que seja depois de mim... ele trabalha sempre até tarde ( e muitas vezes quando chega a casa ainda vai ver televisão...) e cada um deita-se e levanta-se quando quer. Agora haja é respeito pelo outro. Ele até pode dormir ate às 9.00H, não venha é mandar vir comigo por causa disso....

 

E não me faça atrasar por causa do atraso dele...

 

E não me deixe enervada e mal humorada por ele estar enervado e mal humorado....

 

E compreenda que eu me despacho a mim, ao menino e "à casa"....

 

E se não ajuda, pelo menos não atrapalhe....

 

E não vá ver televisão ate às tantas que dorme mais e tem menos sono de manhã....

 

E tirando isso, durma até querer... desde que não me chateie a cabeça, sim??

sinto-me:
publicado por Antes assim... às 16:11

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

CONTA ATÉ 10...

Não, eu não passo a vida toda a queixar-me do meu marido... passo QUASE a vida toda a fazê-lo, o que nos dias que correm, até não é mau!!

 

Levanto-me por norma às 7.30H. Como gosto muito de café, e sabe-me pela vida um café logo de manhã, comecei a levantar-me às 7.20H, porque não andava a conseguir despachar-me a horas... e detesto chegar atrasada ao trabalho! Ora o meu marido ignora o despertador dele. Eu chamo-o quando me levanto e mais duas ou três vezes, sempre que vou ao quarto para me vestir ou buscar qualquer coisa. A maioria das vezes só começa a levantar-se quando lá vou com o menino dar beijinho para vir embora... Então começa a maluqueira.... Hoje:

Ele: Só me chamas quando já te vais embora....

Eu: Nem te vou responder (chamei-o 3 vezes...)

Ele: E peúgas castanhas?... e só tenho esta camisa?... Não tenho outras calças?....

Eu: Há mais calças no outro quarto, há mais camisas passadas na despensa, vou-te buscar peúgas...  (enquanto corria de um lado para o outro para acabar de despachar o pipoca e conseguir vir embora... já passava das 8.30H, hora a que devo sair de casa para ter tempo de beber café e chegar a tempo no trabalho...)

Ele: Mas tás a correr para quê, que eu saiba não tás atrasada, são 8.30h e só entras às 9.00H!!!

Eu: (explodi) Cada qual sabe de si, e eu estou atrasada sim senhora porque ainda queria ir beber um café.

Ele: Ai queres ir beber café??

Eu: Sim quero, por acaso também te digo alguma coisa quando sais de casa a dizer que estás atrasado e depois vais beber café??? Toma as peúgas.

 

E abalei com o meu fofinho. Agora acabei de receber uma mensagem do marido a pedir desculpas por hoje de manhã. Que acha que estava mal humorado... ACHAS???? Pois eu tive a certeza, mas já lá vai o tempo em que não respondia a nada... e estava era atrasada, senão havia de ver.... mas pronto, aceitei as desculpas, porque para mim já é uma grande evolução ele reconhecer que esteve mal e pedir desculpas... claro que ainda lhe disse umas coisitas, que faço o sacrifico de me levantar mais cedo porque quero e isso não prejudica ninguem, que a maior parte das vezes nem pago o café, e é o unico que bebo no café propriamente dito, que ontem adormeci e por isso à meia noite e meia ainda lhe fui passar uma camisa e umas calças para hoje, e que mesmo assim tive que ouvir ralhar... eu não sou perfeita, mas não é preciso tanto!!

 

Aiiiii.... que isto me cansa taaaaanto a beleza!!

sinto-me:
tags:
publicado por Antes assim... às 09:51

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Quarta-feira, 29 de Outubro de 2008

AI AVÓ...

Noticia do jornal : devido à crise, loja de tintas dá um galinha na compra de x (não me lembro o numero) latas de tinta....

 

A minha mami: Tá a ouvir mãe? (a minha avó ouve mal)

Avó: O quê filha?

Mami: Há uma loja que na compra de x latas de tinta dão uma galinha!

Avó: Ai filha e eles têm lá galinhas???

 

Descanse avó que a loja estava limpinha... as galinhas não andam por lá... devem ter um galinheiro ali perto... taditas das pitas, até ajudam a resolver a crise... a vidinhas delas é que deve entrar em crise total!!! Não se pode é acusar o povo de resignação e falta de ideias.... originais, ou nem por isso...

 

Ai o que esta crise anda a fazer ao mundo....

sinto-me:
publicado por Antes assim... às 17:05

link do post | comentar | favorito
|

MAIS UM PRÉMIO!

    

Olhem só o que acabei de receber... sabe tãaaaaao bem!! Obrigada, mais uma vez, querida Bó Fá!!

 

Remeto este lindo prémio para os companheiros de blog... os da listinha ali ao lado!! Acompanho todos, por isso, aqui fica, com muitos beijinhos!!

 

P.S. GOSTEI!!!! Até a menina é amorosa....

sinto-me:
tags:
publicado por Antes assim... às 16:55

link do post | comentar | favorito
|

COR DE ROSA

Acabei de receber este sms duas vezes. Escrevo-o aqui, pode ser que surta mais efeito:

 
"30 de Outubro é o dia nacional da prevenção do cancro da mama. Vamos todos vestir uma peça cor de rosa! Não custa nada e é por uma boa causa... Passa a msg a todas as mulheres e raparigas da tua lista."

 

Assim, caras mulheres e raparigas, homens e rapazes ( que não gosto de descriminações), usem e abusem no cor de rosa dia 30 - AMANHÃ... é mesmo por uma boa causa!! Vale pelo simbolismo!

sinto-me:
publicado por Antes assim... às 16:22

link do post | comentar | favorito
|

ASSIM VAI A VIDA...

Continua a fazer frio, e faz meeesmo muito vento. Eu deixei de ser estúpida e trouxe um casaco quentinho... ups, acabei de espirrar!!! Vamos lá ver se isto não vem com acompanhamento....

 

A minha querida amiga do trabalho está de férias. Já merecia. Faz cá falta!! Ontem falei com o chefe sobre o pedido de reclassificação que pretendia, ou melhor, que fui intimada a fazer. Acha que devo esperar ate ao final do mês, ou do ano. Estão a começar a trabalhar nos aumentos e assim, deveria falar, mas apenas no fim, caso não seja reclassificada - coisa que ele vê como uma luz minúscula, bem lá ao fundo do túnel... Mas pronto, lá me disse que compreende se eu for à procura de outro emprego, mas este é certo, os colegas de trabalho são bons, eu gosto do trabalho, acha que eu merecia, que podia fazer muito mais, que tenho capacidades... blá blá blá... e quem sabe se não é desta... blá blá blá... mas olhe que não lhe estou a dar esperanças... Sim, sim, eu sei muito bem a realidade que me rodeia. E raramente me iludo, e quase sempre sei com o que posso contar. Sim, sou um bocado pessimista, mas sou também muito realista!!

 

O casamento prossegue. Tenho-me perguntado muitas vezes a mim própria nestes últimos dias "E se alguém te perguntasse se és feliz???" Respondo imediatamente" Feliz? Não. Mas tenho momentos de grande felicidade. Com quem? O meu filho, a minha família, os meus amigos... mas são momentos. E sei que podia ser uma constante. E não é por culpa alheia... e às vezes por minha...". Sabem quem é que eu gostava que me perguntasse isto?? Pois... mas não valia a pena. Ele jamais irá compreender.

 

E pronto, ninguém, é que ninguém meeeesmo sequer falou da botas que eu queria... nem para me dizer "Ó querida, isso também eu queria...." E pronto (meu Deus, tanto pronto....) Cansei-me de dar indirectas ao marido por causa das botas... apareceu-me com 1 quilo de broas em casa... ai, ai, como já sou magra deve querer que fique esquelética. E não, não quero broas, queria umas botas!!!! 5 minutos.................. pronto, acabou o meu momento de mimada, voltei à realidade. As broas eram divinais, o marido gosta de me mimar com estas coisas... a mim às vezes enerva-me... ele convence-se que isto o torna um excelente marido, e por vezes aponta-me o dedo de "pobre e mal agradecida". Pois, não devem ser muitos os maridos que volta e meia enchem as mulheres de pasteis de nata, broas, fins de semana aqui ou ali, jantares em restaurantes caros, ramos de flores... mas eu queria mesmo era sinceridade, apoio, companheirismo, cumplicidade, conversa, sentimento, verdade... e deixar de acreditar no Pai Natal, não??? Pois, eu sei que sou realista, mas ainda me permito sonhar e ter esperança... enfim, coitadita.... com 30 anos já devia ter algum juízo.

 

O meu filho esta noite acordou 4 vezes... bateu-me quando o tirava da mama para o deitar na cama dele... mordeu-me a mama porque as tetinas novas são mais pequenas... mas encheu-me de beijos às 7.30H e fez-me ganhar o dia com um mãiiiii... mua mua mua!!!

 

Gaita... outro espirro!!

sinto-me:
tags:
publicado por Antes assim... às 15:54

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 28 de Outubro de 2008

AS NOTICIAS...

Num registo completamente diferente... ontem comecei a ver a grande reportagem na sic. Penhoras e afins! Não consegui acabar de ver. Meu deus, como às vezes pareço mesquinha com os meus problemas. Ser posto no meio da rua sem ter para onde ir... ficar sem os bens pessoais... eu sei que há quem faça por merecer. Também sei que muita gentinha faz questão de viver acima da média. Mas lido com atrasos no pagamento de rendas no trabalho e sei que algumas vezes não é por se querer que se fica em atraso. Isto não está para brincadeiras.

 

Assim, a meio da reportagem desliguei e fui cuidar do meu filho. Que raio de vidas...

 

Para melhorar o panorama, hoje nas noticias da hora do almoço informam que vão repetir a reportagem, também que uma bebé morreu dias após o parto por negligencia de um estúpido de um médico (que não o devia ser, pelos vistos) que ao fim de um trabalho de parto de 10h e nenhuma dilatação recusou fazer uma cesariana, mesmo contra a opinião da restante equipe médica. Conclusão, a bebé entrou em sofrimento, asfixiou e teve várias paragens cardíacas... ate me custa estar a escrever isto. Que m****! Estúpido! Mais, noticia seguinte, o caso de um menino que ficou 5m debaixo de água, sugado numa porcaria de filtro da piscina... ficou com dificuldades motoras e outras... Raios. Por alguma razão, cada vez gosto menos de assistir aos telejornais. Mas é só tristeza e incompetência por este mundo fora??? Eu sei que o facto de não ver não faz com que deixe de acontecer. Mas ver incomoda-me tanto... desisto!

sinto-me:
publicado por Antes assim... às 14:46

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

MUDANÇAS!!

Como já havia referido, o tempo está a mudar. Faz frio e um vendaval desgraçado... Como moro numa zona alta, por lá reina a confusão, com tudo e mais alguma coisa a voar, os estores da casa a quererem sair disparados, o meu cabelo curto completamente puxado para a cara e, imagine-se, um pequeno cãozito que não conseguia sequer andar a direito!!!!

 

Como sou teimosa, ainda não meti na cabeça que por muito encalorada que saia de casa, ao fim de 5 minutos estou cheiinha de frio. Assim, com uma divisão do meu roupeiro, outra no roupeiro do meu pipoca e outra (bem maior) no do quarto das visitas cheias de casacos meus (ai que vergonha...) saí mais uma vez de casa sem casaco. Com o vendaval que faz parecia uma parvinha só de camisinha e uma camisola fina... pronto, à hora do almoço lá cravei um corta vento giríssimo à mami!!! O que vale é que ela também adora casacos!! Somos umas doidas por casacos e sapatos, e botas, e malas e ... pronto! Ah, a tia e a fofinha também... é mesmo mal das mulheres da família. A única diferença é que as três me acusam de não ser vaidosa. Realmente não sou, opto por andar o mais confortável possível, abdicando de grandes saltos altos e roupa justa (isso então, não tolero, tudo larguinho, por favor....). Mas pronto, de vez em quando lá me aprumo mais um bocadinho e é vê-las a encher-me de elogios... Além disso, eu e a priminha temos gostos muito idênticos e claro, não é ela que se gosta de vestir à trintona... nãoooo, eu é que gosto de me vestir como se tivesse 18 aninhos!!! Enfim, quem me dá umas calças de ganga, uma camisola larga e umas botas todo o terreno faz-me feliz!! Ultimamente, lá me tenho adequado à idade, e os devaneios desportivos ficam para os fins de semana ou ocasiões propicias. O trabalhito também merece melhor aprumo, e o marido também gosta...

 

Pronto, como já se reparou, começo com um assunto, desato a divagar, o post fica enorme e não escrevi nada do inicialmente pensado...

 

Assim, acrescento ainda que a hora mudou. Gosto de acordar com o sol a entrar pelas janelas de tijolo de vidro, detesto sair às 17.30H e já ser noite.... Não rende nada. Nem tenho sol para estender uma ropita.... desgraceira! Pronto, está na hora mas é de começar a acender a lareira, isso sim!!

 

PS: Com o aquecimento central aproveito os radiadores para espalhar a roupita pela casa toda, seca num instantinho. O marido detesta o estendal lá por casa... mas reconhece que a estratégia é boa e essencial em tempos de chuva! Valham as toneladas de lenha que estafamos!!

sinto-me:
tags:
publicado por Antes assim... às 14:20

link do post | comentar | favorito
|
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags