Lilypie Fourth Birthday tickers

.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. o amor

. Cá por casa é tudo compli...

. Porque viver é mesmo assi...

. Março

. 2011

. PODIA SER DE UM FILME...

. PRENDINHAS DAS BOAS

. A NOSTALGIA DO NATAL

. A VIDA NÃO É FÁCIL...

. BIRRAS... COISA MAI LINDA...

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Free Blog Counter

Terça-feira, 7 de Dezembro de 2010

BIRRAS... COISA MAI LINDA!!

Tenho um adolescente de 3 anos em casa!

Ora o menino amua. E amua muito!! Ora porque disse o que ele não queria ouvir, ora porque o mandei estar quieto um segundo (coisa que constatei ser realmente impossível), ora porque quer ver o Ruca 5o mil vezes seguidas... amua. Amua, grita, ralha, bate com as portas (sim, leram bem, BATE COM AS PORTAS), ameaça-nos com uns sentidos: "Vóu pó meu tuáto", "Tou muito chatiado tum a mãe.", "Tou a fitár nuvoujo."

Ora bem, tais comportamentos têm as suas consequencias, evidentemente. Mas o que eu esperava era um resultado mais rápido das palmadas ou dos castigos que recebe! E pior... ou não, já não sei, se o ignorar uns minutos, aparece-me muito choroso, com a cara do menino mais infeliz do mundo a dizer: "Ó mãe descupa... eu pometo que póto bem... nunca maix faxo ixo... tu não gostas nada de bater a mim, não é mãe? Mas eu às vezes sou petenino....". E pede-me colo, abraça-me, enche-me de mimos e justifica-se. Ontem, no fim de um belo "esparvão" comigo, ouvi a conversa dele com o pai:

Pai: O que é que se passou filho? Tavas a fazer birra porquê?

Filho: Puque eu teria pôr o chutuáte no ueitinho, e a mãe não me deu ouvidos!

 

Não pude deixar de sorrir, afinal, a criança tinha um belo motivo ara fazer uma birra disparatada.

Agora combinamos uma estratégia anti-birra, e às vezes resulta. Quando vai a entrar na fase alta da birra, sem sequer explicar o que é que quer, peço-lhe para começar do principio. E ele responde, " bem mãe, do pinxipio! Xabes, eu teía....", e às vezes, só às vezes, conseguimos evitar uma birra!

 

As birras, vão passar certo? Ora, a fase seguinte, venha mais fácil se faz favor!! Ah, e antes do rapaz fazer 18 anos, já agora...

publicado por Antes assim... às 17:05

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De mil sorrisos a 7 de Dezembro de 2010 às 22:47
Hum... não sei se se vai tornar mais fácil, aposto que não! Sinto o mesmo em relação à Laura, estes gaiatos estão muito à frente, bahhhhh! Parecem mesmo adolescentes...
beijos e mil sorrisos
:o)))
De Raquel R. a 9 de Dezembro de 2010 às 17:30
Olha, cá por casa a coisa está parecida! Acho que é mesmo uma idade difícil....que nos põem à prova constantemente!!!!
Qd falo com colegas com filhos + velhos dizem-me que estas passam, mas que vêm outras coisas.... ai ai!

bjs e paciência

Comentar post

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags