Lilypie Fourth Birthday tickers

.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. o amor

. Cá por casa é tudo compli...

. Porque viver é mesmo assi...

. Março

. 2011

. PODIA SER DE UM FILME...

. PRENDINHAS DAS BOAS

. A NOSTALGIA DO NATAL

. A VIDA NÃO É FÁCIL...

. BIRRAS... COISA MAI LINDA...

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Free Blog Counter

Quinta-feira, 25 de Março de 2010

DIA DO PAI!

Como já se esperava, o meu pipoca não aguentou a ansiedade. Assim, para além de já ter dito ao pai a prenda que lhe ia dar, na véspera, quando o pai chegou, pegou-lhe na mão e disse-lhe: "Anda pai, anda vê a thua shupêza!". E foi completamente feliz da vida que ele próprio rasgou o saco da prenda e deu a camisa ao pai!!!

 

O dia correu do melhor, ao grande estilo do pipoca: muita correria, algumas birras e beijos e "pupas" pelo meio. Na nossa zona é feriado, e dia de mercado. Em estreia, levei o menino ao mercado, fomos ao talho e lá fomos para casa fazer o almoço especial que o pai tinha pedido!! Ao almoço a conversa andou pelo assunto escolinha, porque tínhamos deixado o carro estacionado mesmo em frente à escola para onde o pipoca vai em Setembro. Então era vê-lo a contar ao pai, muito concentrado "Shabes, shabes??? A minha thóua tem torrégas gandes... balouxos... uixos(baldes do lixo)! É mutho uinda!!"

 

À noite fomos à festa de anos da amiga e cúmplice "Ti P.", onde o pipoca pode dar largas à energia, exigir atenção total e exclusiva da aniversariante e não conseguir ser amiguinho do outro menino que também lá estava e era apenas um mês mais novo. Em casa, quando lhe disse que ia estar um menino na festa, foi logo encher a mochila do faísca com carrinhos e brinquedos para brincar com o menino. Chegados lá, o outro muito tímido e o meu a querer logo levá-lo para a sala para brincarem. Assim que o menino começou a brincar com os brinquedos dele, deixou de achar graça, fez birra, tirou-lhos e ainda lhe deu uma calduça!! Ao longo da noite ainda brincaram às escondidas e ao faz de conta que se é um animal (brincadeira da minha autoria, que tem sido um sucesso em festas de anos para acalmar os ânimos e entreter os irrequietos).

 

Pior mesmo foi o facto do feitio respondão e rapazão do pipoca causar muita diversão inicial aos adultos, que depois o começaram a picar e a provocar... e ele achou que o que fazia tinha muita gracinha e começou a exagerar!! Claro que saí de lá com a noção exacta do que pensaram dele e da respectiva educação, pois até me deram um conselho muito sábio, e dito com bastante seriedade por quem não tem filhos, de que o que ele tem são mimos a mais!! Ora eu até admito, e sou a primeira a reconhecê-lo: o pipoca responde sim senhora, mais do que devia, é mal mandado e ando a lutar seriamente para que aprenda o que é o respeito pelos mais velhos. Faz birras. Bate nos meninos. Mas mimo a mais?? Agradecia realmente que alguém me pudesse dar uma ajudinha e me quantificasse a dose exacta de mimos que uma criança deve receber para ser mais calminha e educadinha. O pipoca em casa recebe mimos, palmadas, ralhetes e castigos. Não sei se todos eles são dados de forma e na quantidade correcta, mas faço-o de acordo com aquilo que entendo ser dar-lhe a melhor educação possível, e sei que tenho um longo e árduo trabalho pela frente. O meu filho não é o exemplo de menino lindinho, sossegadinho, que fica atrás das pernas da mãe, ou que se senta caladinho e ali fica a brincar sozinho. Muito pelo contrário. O rapaz é extrovertido, coisa que nele admiro, pois sempre fui o contrário e cheguei a sofrer por isso... e lógico, se diz uma coisa feia, mas que até dá vontade de rir, e o "publico" ri à debandada, lógico que vamos ter bis... e muitas repetições, em que a voz da mãe a dizer que aquilo não se diz soa a passarinhos a chilrear... na melhor das hipóteses. Fiquei triste... para mim só há crianças com  mimo a menos, infelizmente. E uma criança com mimos "a mais"não é necessariamente uma criança mal educada e vice versa. A boa educação do pipoca ainda depende de tanta coisa... é um trabalho eternamente inacabado, e que só agora começou. Tendo em conta que ele pede tudo "Pu favô", que diz "Óbiáda" quando lhe dão ou fazem qualquer coisa que pede, que pede "Pupa" (vezes de mais) e põe a mão à frente da boca quando espirra (coisa que adora evidenciar "Mãe, olha a mina mão à tente da mina botinha!"), assim de repente até podia parecer um menino muito educadinho, não??? Peço desculpa pelo desabafo... mas esta coisa dos mimos a mais mexe comigo de uma forma, que parece que fervo. E agora com o pipoca, pior ainda... mas garanto que lá vou tentando manter o racionalismo!!!

 

E pronto, o dia passou-se bem, e acabou bem, com um pipoca que desfrutou ao máximo da festa, correu, bricou e comeu, que isso sim é do que ele gosta, eh eh eh!!

 

Ao meu pai, que toda a vida me deu muuuuiiiito mimo, e que ainda hoje me dá colo e me trata a mim e ao meu mano pelos "meninos", dei umas bolachinhas feitas por mim e pelo pipoca, que ele adorou!! Pois... eu sou umas das tais, que é mimada de mais!!!

publicado por Antes assim... às 11:26

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De mamaepedro a 25 de Março de 2010 às 15:51
Sabes que o facto de estar com a avó ( e não estou a menosprezar a sra obviamente) o mimo, o deixar fazer coisas que os pais nem sempre deixam (falo por experiência própria), eles ficam um bocado trocados, em casa têm uma educação, na avó, têm, por sistema outra, estou a falar por mim (avó dele), não sei como é a tua mãe, mas de uma coisa eu sei, o meu filho era teimoso, estava a ficar respondão, pode-se dizer até mal-educado, mas quando foi para a escola ele mudou por completo e pelo que lês, acho que é um miúdo bem comportado e educado. Faz-lhes bem as regras e serem mais independentes e sobretudo aprender a partilhar com tantos meninos á volta.
Acho que fazes bem metê-lo agora na escolinha, o pediatra sempre disse que até aos 18 meses era óptimo eles ficarem com familiares para receber todo o mimo possivel, a partir daí a escola faz bem ;o))

Beijokas
De Antes assim... a 26 de Março de 2010 às 14:12
Bom, eu até controlo um bocado a minha mãe, porque sou mesmo assim, mas é inevitável que ela durante o dia permita coisas e se exceda um bocadito!! Coisa que ela não nota, porque ele acaba por só ser pior na minha presença... Mas sim, a escola vai fazer-lhe bem, e de certo ajudar no comportamento mais mal educado nele. Agora amiga, tens de concordar que mimo nunca é de mais, e não digo fazer vontadinhas de coisas erradas que isso não é mimar, percebes?? Quem me dera que o meu pipoca venha a ser como o teu Pedro, eh eh eh!
Beijinhos

Comentar post

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags