Lilypie Fourth Birthday tickers

.Eu

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
31

.Acabado de dizer

. o amor

. Cá por casa é tudo compli...

. Porque viver é mesmo assi...

. Março

. 2011

. PODIA SER DE UM FILME...

. PRENDINHAS DAS BOAS

. A NOSTALGIA DO NATAL

. A VIDA NÃO É FÁCIL...

. BIRRAS... COISA MAI LINDA...

.E já disse tanto...

. Julho 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Free Blog Counter

Segunda-feira, 7 de Dezembro de 2009

VAMOS A ISTO!!

As saudades de passar por aqui são muitas, mas um período de mais trabalho, seguido de outro de preocupação com a saúde da minha avó, culminando com mais uma crise existencial dos meus sogros, retiraram-me de todo qualquer possibilidade de escrever.

 

Ontem fui visitar a minha avó, que de aspecto está muito melhor e cuja operação será no final desta semana. Para além de aguardarmos ansiosamente que tudo corra bem durante e após a operação, temos muita esperança de que possa passar o Natal connosco. Seria uma bela prenda de Natal, ouviste, Menino Jesus??

 

Quanto ao resto, lamentavelmente, há quem tenha gosto em fazer sofrer os outros por puro e belo prazer... e depois age como se não tivesse lançado uma granada, cuja explosão vai deixando pequenas feridas que se mantêm ao longo do tempo. Aqui deixo escrito aquilo que já prometi em voz alta (e que alguém me dê uma valente chapada, se não cumprir a promessa): após três tentativas cara a cara, várias, já nem sei quantas, manifestações da minha intenção de falar com os meus sogros e voltar a ter um relacionamento minimamente normal com eles, e saber pelo marido que preferem não ver o neto do que alguma vez na vida voltar a falar para mim, está decidido! Eu nunca, mas nunca mais mesmo, volto a dizer que estou na disposição de me voltar a dar bem com eles. Não querem, não querem. E pelos vistos não vale a pena insistir. Assim sendo, não insisto mais. Acho que já toda a gente percebeu quem sai a perder, menos os próprios!!

 

tags:
publicado por Antes assim... às 10:27

link do post | comentar | favorito
|
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.links

.tags

. todas as tags